Meteorologia

  • 22 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

'E-balcao' pode reduzir em 25% ida às Finanças

O novo serviço de atendimento, com o nome de 'e-balcão' tem como objetivo a redução do atendimento presencial nos balcões das Finanças e com isto, espera-se que haja uma redução de 25% do atendimento. A plataforma já está disponível para quem quiser começar a tirar dúvidas, quiser efetuar pagamentos ou pedir documentos, sem ter de deslocar-se a um balcão das Finanças, indica o Jornal de Notícias.

'E-balcao' pode reduzir em 25% ida às Finanças
Notícias ao Minuto

08:14 - 30/07/14 por Notícias Ao Minuto 

Economia Serviços

Há muitos contribuintes que utilizam o Portal das Finanças para resolver questões fiscais, no entanto para algumas situações ainda são obrigados a deslocare-se aos balcões das repartições. Só no ano passado registaram-se 15 milhões de atos nos balcões e por isso, a Autoridade Tributária resolveu criar um ‘e-balcão’, que

já está operacional,

para reduzir este número, avança o Jornal de Notícias.

Vai estar disponível 24 horas e irá responder de forma rápida às necessidades e dúvidas dos contribuintes. Pode ser usado para tirar dúvidas, efetuar pedidos ou pagamentos sobre os impostos ou para tratar de questões de justiça tributária.

Desde junho que esteve em testes e o objetivo é que até ao final do ano consiga reduzir cerca de 25% do número de atos de atendimento presencial.

Para o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, o objetivo é que se torne “no mais importante canal de atendimento aos contribuintes”, diminuindo as deslocações às Finanças.

Para aceder a este canal basta utilizar a senha de acesso ao Portal das Finanças.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório