Vídeos em direto: Como detetar conteúdo ofensivo

Rede social usa inteligência artificial para detetar conteúdo ofensivo nos vídeos difundidos em streaming.

© Reuters
Tech Facebook

O Facebook está a testar formas de detetar conteúdo ofensivo nos vídeos difundidos em direto na rede social.

PUB

À Reuters, um dos responsáveis pela plataforma contou que a pretensão da empresa de Mark Zuckerberg recorre, para este fim, à inteligência artificial.

“É um algoritmo que deteta nudez, violência ou qualquer coisa que não esteja de acordo com as nossas políticas”, informou Joaquin Candela.

Uma vez que estão em causa vídeos difundidos em streaming e em direto, a rapidez na deteção de conteúdo ofensivo é um dos desafios a superar. “O algoritmo de visão computacional tem que ser rápido”, alerta Joaquin Candela.

Recorde-se que a deteção de notícias falsas, por exemplo, é outra das pretensões do Facebook. A base está também no uso de inteligência artificial.

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS