Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Sete câmaras que sempre tinham sido 'fiéis' trocaram de cor política

Sete câmaras municipais trocaram de partido no domingo pela primeira vez desde 1976, mas há 24 que se mantêm fiéis à mesma cor política desde as primeiras eleições autárquicas democráticas.

Sete câmaras que sempre tinham sido 'fiéis' trocaram de cor política
Notícias ao Minuto

05:56 - 27/09/21 por Lusa

Política Autárquicas

Três dos tradicionais bastiões da CDU passaram no domingo a ser socialistas. Além destas três, o PS roubou duas autarquias que sempre tinham sido sociais-democratas e o PSD tirou outras duas que nunca tinham deixado de ser socialistas.

O PS ganhou, com maioria absoluta, nos municípios de Penela (Coimbra) e de Ferreira do Zêzere (Santarém), colocando um ponto final a 45 anos de governação ininterrupta do PSD.

Por outro lado, os socialistas perderam para o PSD Reguengos de Monsaraz (Évora) e o Cartaxo (Santarém), dois municípios onde os social-democratas ganharam no domingo com maioria absoluta.

Em Mora, um bastião comunista em Évora desde 1976, o PS venceu domingo com maioria absoluta.

Os socialistas roubaram também aos comunistas os municípios da Moita e de Montemor-o-Novo, mas sem terem obtido maioria absoluta.

Aliás, em Montemor-o-Novo, o PS ganhou e obteve três vereadores, o mesmo número do que os da CDU (a que se soma um do CDS-PP).

Na Moita, apesar da vitória socialista, PS e CDU têm quatro vereadores cada (tendo sido eleito um outro vereador do Chega).

São, desde domingo, apenas 24 as câmaras municipais que sempre foram fiéis ao mesmo partido: nove do PSD, outras nove do PS e seis da CDU.

Mantêm-se social-democratas desde 1976 os municípios de Arcos de Valdevez, Boticas, Valpaços, Penedono, Oleiros, Santa Maria da Feira, Mação, Calheta e Câmara de Lobos, câmaras onde o PSD obteve maiorias no domingo.

O PS manteve o pleno em todas as autárquicas em Portimão, Olhão, Campo Maior, Gavião, Alenquer, Torres Vedras, Odivelas, Lourinhã e Condeixa-a-Nova, onde também obteve maioria absoluta em 2021.

Mantém-se CDU desde sempre Avis, Arraiolos, Seixal, Palmela, Santiago do Cacém e Serpa.

Se Avis, Arraiolos, Santiago do Cacém e Serpa são bastiões onde a CDU ganhou com maioria absoluta, já no Seixal e em Palmela a vitória foi mais tremida e será mais difícil aos comunistas governar.

No Seixal, a CDU obteve cinco mandatos, contra quatro do PS, um do PSD e outro do Chega, enquanto em Palmela os resultados apontam para quatro mandatos da CDU, para três do PS, um do PSD e outro do Movimento de Cidadãos pelo Concelho de Palmela (MCCP), do antigo presidente das Câmaras de Palmela e de Setúbal e ex-comunista Carlos Sousa.

Leia Também: Terceira vitória consecutiva do PS ensombrada por derrota em Lisboa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório