Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2020
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Rodrigues dos Santos pede oportunidade para centristas açorianos

O líder do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, apelou aos eleitores dos Açores para que deem uma oportunidade ao partido, alegando que os centristas açorianos têm trabalho feito na melhoria das condições de vida na região.

Rodrigues dos Santos pede oportunidade para centristas açorianos
Notícias ao Minuto

19:32 - 17/10/20 por Lusa

Política CDS

"Está na altura de apostar no mérito das primeiras linhas do CDS, que provaram ao longo da última legislatura com o seu trabalho que é possível traduzir com propostas novos direitos para a vida dos açorianos na área social, da saúde, da educação e também do emprego", afirmou, em declarações à Lusa.

O líder centrista participou hoje nas Velas, em São Jorge, numa ação de campanha para as eleições legislativas regionais dos Açores, que decorrem em 25 de outubro, acompanhado pelo líder regional do partido, Artur Lima, e pela cabeça de lista por São Jorge, Catarina Cabeceiras.

Francisco Rodrigues dos Santos sublinhou que o CDS apresenta candidatos com "inconformismo e irreverência, mas também com provas dadas", e reiterou que o partido é o "mais bem posicionado para retirar a maioria absoluta ao PS".

"Estas eleições não podem ser uma oportunidade perdida para a mudança dos Açores e isso só se fará com uma aposta em novas ideias, em protagonistas renovados e num partido como o CDS, que é responsável, mas nunca teve uma oportunidade de ser a primeira alternativa a quem está no poder de forma absoluta", frisou.

"Mais CDS nestas eleições é mais acesso à saúde e menos listas de espera, é mais oportunidade de trabalho e menos subsídios pagos a quem não quer trabalhar, é mais iniciativa privada e menos dependência do emprego dado pelo PS, é mais apoios para os jovens estudantes e menos abandono escolar, é mais atenção às famílias e menos amiguismo que é promovido por quem está no governo", acrescentou.

As legislativas dos Açores decorrem em 25 de outubro, com 13 forças políticas candidatas aos 57 lugares da Assembleia Legislativa Regional: PS, PSD, CDS-PP, BE, CDU, PPM, Iniciativa Liberal, Livre, PAN, Chega, Aliança, MPT e PCTP/MRPP. Estão inscritos para votar 228.999 eleitores.

No arquipélago, onde o PS governa há 24 anos, existe um círculo por cada uma das nove ilhas e um círculo de compensação, que reúne os votos não aproveitados para a eleição de parlamentares nos círculos de ilha.

Nas anteriores legislativas regionais, o CDS foi a terceira força política mais votada, elegendo um deputado por São Jorge, um pela ilha Terceira e dois pela compensação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório