Meteorologia

  • 05 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 18º

Edição

Chicão "mentiu como um Bolsonaro e correu atrás de eleitorado alucinado"

Deputada escreve texto no Facebook a recordar que esta quarta-feira é Dia da Visibilidade Trans e lança farpas ao novo presidente do CDS-PP.

Chicão "mentiu como um Bolsonaro e correu atrás de eleitorado alucinado"

Isabel Moreira recorreu ao Facebook, esta quarta-feira, para assinalar que hoje é Dia da Visibilidade Trans". A deputada escreve um longo texto em que começa por defender que atualmente "temos uma lei decente que reconhece a autodeterminação da identidade de género".

"A matéria constava do anterior programa eleitoral do PS. Cumprimos. Chegámos a um texto comum com toda a Esquerda", recorda a deputada.

A nota prossegue com Isabel Moreira a recordar que, no Parlamento, foram ouvidos especialistas "de todas as áreas" e, "mais importante", ouviram-se "homens e mulheres trans, associações de defesa dos seus direitos".

"Ouvimos de forma histórica menores de idade trans. Todos os Partidos testemunharam o sofrimento imenso de vidas que estavam paralisadas", acrescenta ainda.

Neste ponto, a deputada lança farpas ao recém-eleito presidente do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos: "Estamos bem recordados do discurso extremista e mentiroso que foi levantado pelo atual líder do CDS a propósito do despacho que concretizava um aspeto da lei que no Parlamento o CDS nunca contestou".

Para Isabel Moreira "o então líder da JP mentiu como um Bolsonaro e correu atrás de um eleitorado alucinado em cima da vida de gente de carne e osso. Sem surpresa, nunca mais se interessou pelo assunto. Nem ele, nem os fanáticos que seguiram a guerra transfóbica".

Isso mesmo, lembra, "notou a Ministra Mariana Vieira da Silva na discussão do OE". E deixa alguas questões: "Afinal, onde estavam as perguntas sobre a aplicação do despacho sobre a proteção dos jovens trans nas escolas? Ninguém queria saber se tinha havido algum dos problemas imaginados em tanta tinta que correu inflamada? Zero. O ódio é assim. Mas o despacho foi avaliado. E, claro, não houve qualquer problema com o mesmo".

"Hoje é dia de dar visibilidade a gente que é gente como nós. Contra o ódio. #atéàigualdade", conclui a deputada. 

Leia Também: Políticos da Esquerda à Direita reagem a palavras do Chega sobre Joacine

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório