Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Brexit: Governo está confiante de que "ainda se possa chegar a um acordo"

Augusto Santos Silva frisou esta quarta-feira a importância de uma saída do Reino Unido da União Europeia com acordo. "É muito importante e batermo-nos para que ele exista", defendeu, destacando os "sinais positivos" das mais recentes negociações.

Brexit: Governo está confiante de que "ainda se possa chegar a um acordo"

O Governo esteve reunido com os parceiros sociais para preparar o Conselho Europeu. Depois de terem falado aos jornalistas, a UGT, a CGTP e a CIP, foi a vez de Augusto Santos Silva se pronunciar sobre as reuniões.

Com o Brexit cada vez mais próximo de ser uma realidade, o governante quis reforçar que os cidadãos têm até ao fim do próximo ano para proceder à sua regularização, dando conta que existem cerca de 300 mil portugueses que residem no Reino Unido.

Na segunda-feira, o ministro dos Negócios Estrangeiros irá reunir-se, em Londres, com o ministro para o Brexit, anunciou. 

“Aproveitarei esse facto para visitar também o Consulado em Londres", disse. 

Os tempos de espera para a regularização da situação dos emigrantes quer no Consulado de Londres, quer no Consulado de Manchester "foram muito reduzidos, em função dos reforços que fizemos", notou o governante,  dando conta que as situações urgentes são tratadas de imediato, situações não urgentes são tratadas no prazo de uma semana em Manchester e no prazo de um mês em Londres. 

A segunda questão essencial para o Governo "é, evidentemente, a situação dos cidadãos britânicos residentes em Portugal e sobretudo o fluxo turístico do Reino Unido para Portugal que é o maior dos fluxos turísticos que o país recebe". 

Neste caso, sublinhou Santos Silva, "todas as medidas que foram aprovadas no nosso plano de preparação estão terminadas ou em curso, designadamente entraram em atividade 100 novos inspetores no SEF para que tudo decorra com os turistas britânicos da mesma forma que decorre agora".

O governante destacou que  o foco tem sido também as empresas. "Mais de 3 mil empresas exportadoras exportadoras para o Reino Unido foram contactadas (…) para chamar-lhes a atenção de que devem estar preparadas para todos os cenários no dia 31 de outubro, incluindo o cenário de poder não haver acordo". 

"Estamos agora a trabalhar com especial atenção de modo a evitar qualquer interrupção da cadeia de fornecimento de produtos portugueses para o mercado britânico, com especial atenção aos produtos que são perecíveis", fez saber o ministro. De igual modo, o Governo está a trabalhar com o setor farmacêutico para verificar que também aí não há nenhum risco de produtos que têm um prazo próprio de consumo.

Por fim, Santos Silva mostrou-se confiante numa saída do Brexit com acordo. "Estamos confiantes de que ainda se possa chegar a um acordo esta semana e que o parlamento britânico o possa aprovar, confiamos que seja possível apresentar aos líderes europeus amanhã um texto base desse acordo e é nisso que estamos a trabalhar há vários dias em Bruxelas"

"Haverá uma reunião do negociador chefe com os embaixadores na UE que deve estar a começar. Temos que acompanhar isto ao minuto. Um acordo de saída é muito importante e batemo-nos para que ele exista", rematou. 

Santos Silva considerou ainda "positivos" os mais recentes desenvolvimentos nas negociações entre a União Europeia e o Reino Unido e defendeu que neste momento, aparentemente, não há questões irresolúveis para um Brexit ordenado.

Outro dos temas em discussão com os parceiros sociais na preparação do Conselho Europeu foi o quadro financeiro plurianual. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório