Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Brexit: Boris Johnson vai pedir adiamento se não houver acordo até sábado

O governo britânico reconhece assim que o primeiro-ministro vai pedir um adiamento da saída do Reino Unido para além de 31 de outubro, caso não cheguem a acordo.

Brexit: Boris Johnson vai pedir adiamento se não houver acordo até sábado

Boris Johnson vai cumprir a lei e enviar uma carta à União Europeia a pedir um adiamento do Brexit caso o parlamento britânico não aceite um acordo de saída até sábado. A informação foi confirmada por Stephen Barclay, o ministro para o Brexit, após semanas de desafio por parte de Downing Street.

Até agora, Boris Johnson tem ameaçado desafiar a lei, tendo dito há cerca mês e meio que preferia ser encontrado "morto numa sarjeta" do que ser forçado a pedir uma extensão para além de 31 de outubro

Mesmo depois de Downing Street ter escrito ao tribunal escocês a garantir que o primeiro-ministro iria "enviar a carta... não mais tarde do que 19 de outubro", Johnson tentou mais tarde desvalorizá-la.

Mas Stephen Barclay disse num comité de deputados, esta quarta-feira, citado pelo Independent, que confirma que "o governo vai cumprir o que está naquela carta".

Segundo a legislação, Boris Johnson, é obrigado a pedir uma extensão de três meses para o período negocial do Artigo 50 - 31 de janeiro de 2020 - caso os deputados não aprovem um acordo de saída ou explicitamente autorizem uma saída sem acordo até 19 de outubro.

No entanto, até sábado continuam sobre a mesa três opções: o acordo, a inexistência de um acordo ou a continuação de negociações após a cimeira de quinta-feira.

[Notícia atualizada às 11h]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório