Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2019
Tempo
29º
MIN 27º MÁX 30º

Edição

Marta Temido: "Marca de água" do PS é não se bastar com retórica

A ministra da Saúde, Marta Temido, defendeu hoje que a "marca de água" das políticas do PS em relação a "outras forças de esquerda" é apresentar "medidas concretas" e não se bastar "com a retórica".

Marta Temido: "Marca de água" do PS é não se bastar com retórica
Notícias ao Minuto

18:06 - 20/07/19 por Lusa

Política Marta Temido

Marta Temido, que é também a 'número um' por Coimbra nas listas do PS para as legislativas, foi a moderadora do debate na Convenção Nacional do partido sobre combate às desigualdades.

"Quando se fala do combate às desigualdades, sabemos que este é seguramente um dos temas que marca a diferença entre as políticas de esquerda e as políticas de direita", começou por defender.

A ministra e candidata a deputada lembrou o fundador do PS e 'pai' do Serviço Nacional de Saúde (SNS), António Arnaut, que foi evocado num pequeno vídeo antes do início deste painel.

"António Arnaut recordava-nos precisamente isso: equidade, igualdade de oportunidades são valores que nos são muito caros", defendeu.

No entanto, um dia depois de o PS ter aprovado, com BE, PCP, PEV e PAN, uma nova Lei de Bases da Saúde, Marta Temido fez questão de distinguir os socialistas dos partidos à sua esquerda.

"A marca distintiva, a marca de água, das políticas do PS face a outras forças de esquerda é a capacidade de ser exigente e de não se bastar com afirmações e princípios, com retórica, enfim. E de apresentar medidas concretas e exequíveis, medidas pensadas, medidas estudadas, medidas que consubstanciam prioridades e também boas escolhas para os portugueses", defendeu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório