Meteorologia

  • 16 NOVEMBRO 2018
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 16º

Edição

Deputada confessa que assinou presenças de José Silvano

Trata-se de uma deputada que se sentou no lugar do secretário-geral do PSD no Parlamento. Falamos de Emília Cerqueira, eleita pelo círculo de Viana do Castelo.

Deputada confessa que assinou presenças de José Silvano
Notícias ao Minuto

15:34 - 09/11/18 por Patrícia Martins Carvalho 

Política Polémica

A polémica que envolve o secretário-geral do PSD e as suas faltas aos plenários da Assembleia da República conhece agora novos desenvolvimentos.

A deputada Emília Cerqueira admitiu, ao Diário de Notícias, que foi ela quem assinou a folha de presenças em nome de José Silvano.

Eleita pelo círculo de Viana do Castelo, a deputada prometeu dar, em conferência de imprensa, todos os esclarecimentos sobre o caso, garantindo desde já ao jornal ter registado a presença do secretário-geral do PSD por iniciativa própria, pese embora, recorde-se, para tal seja necessário uma password pessoal e intransmissível.

Em causa estão as sessões plenárias de 18 e 24 de outubro nas quais José Silvano não esteve presente, embora as suas presenças tenham sido registadas.

Na quinta-feira, o social-democrata deu uma conferência de imprensa na qual assegurou não ter pedido a ninguém que assinasse a folha de presenças em seu lugar. Mais. José Silvano garantiu que vai querer o apuramento dos factos, inclusivamente, por parte do Ministério Público.

Emília Cerqueira tem 47 anos, é advogada e desempenha as funções de deputada municipal na Assembleia  Municipal de Arcos de Valdevez, sendo também membro da Assembleia da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho.

Na Assembleia da República pertence às comissões de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, de Agricultura e Mar, de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação e à comissão eventual de Acompanhamento do Processo de Definição da Estratégia Portugal 2030.

"Não assinei propositadamente. Percebo que o fiz inadvertidamente"

As explicações de Emília Cerqueira chegaram pouco tempo depois de o Diário de Notícias ter revelado que tinha sido a deputada a marcar as presenças de Jorge Silvano. Em conferência de imprensa, a partir do Parlamento, a deputada explicou como tudo se passou.

Num tom inflamado, Emília Cerqueira começou por dizer aos jornalistas que tem as “passwords de alguns colegas” de quem é “mais próxima”, tal como eles têm a sua, pois é um procedimento que “faz parte do desenvolvimento do trabalho” que é feito na Assembleia da República, como em “qualquer organização”.

Relativamente à password de José Silvano, a deputada eleita pelo círculo de Viana do Castelo admitiu que sabe qual é, mas deixou claro que não é a única. “Eu também tenho a password. Não sou só eu, mas eu também a tenho”, frisou, explicando que esta partilha se deve à necessidade de “consultar documentação que apenas está acessível no computador dele [Jorge Silvano]” e à qual não consegue ter acesso através do seu próprio computador. E, por isso, não teve problemas em afirmar que usou a password do secretário-geral do PSD.

Ainda assim, assegurou que, e "ao contrário do que estão a passar, não o fiz para marcar presenças ao senhor deputado. Ele nunca mo pediu, nem eu o fiz, pelo menos propositadamente, porque agora percebo que o fiz inadvertidamente. Lamento que tal tenha sucedido e mais ainda lamento que se tenha criado este circo mediático à volta de uma coisa tão simples como um colega partilhar ficheiros de trabalho de outro, no mesmo terminal de computador".

[Notícia atualizada às 18h]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório