Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Vice-presidente do CDS/Porto anuncia candidatura à liderança da Distrital

O atual vice-presidente da Distrital do CDS/Porto, Fernando Barbosa, é candidato à liderança desta estrutura na sequência do "desafio" de um grupo de presidentes e militantes de concelhias do partido.

Vice-presidente do CDS/Porto anuncia candidatura à liderança da Distrital
Notícias ao Minuto

11:39 - 22/05/18 por Lusa

Política Fernando Barbosa

"Em resposta ao desafio que me foi feito por diversos presidentes de concelhias do distrito do Porto e militantes de muitas outras, num movimento de bases a que nenhum político pode ficar indiferente, sinto-me convocado para este novo desafio na minha vida política", afirma Fernando Barbosa em comunicado hoje enviado à Lusa.

O atual vice-presidente da Distrital do CDS/Porto vai concorrer contra a vice-presidente do CDS, Cecília Meireles, que anunciou a 20 de abril sua disponibilidade para suceder a Álvaro Castello-Branco, que lidera a distrital desde 1998 e cujo mandato termina em 14 de julho.

No texto hoje enviado à Lusa, intitulado "O Futuro nas Nossas Mão", Fernando Barbosa salienta que "nestas eleições não se trata de saber quem é melhor ou pior para liderar a Distrital. Trata-se, isso sim, de saber quem está em melhores condições para a servir e a colocar em 'Alta Voz'".

"Consciente de que nenhum político dispõe de superpoderes e muito menos do 'dom da omnipresença', estou 100% disponível para liderar a tempo inteiro a nossa Distrital", afirma o candidato.

Fernando Barbosa acrescenta que irá construir "uma lista em que todos se revejam" e "um programa que responda aos interesses do distrito".

Numa nota enviada recentemente à comunicação social, um grupo de presidentes e militantes de Concelhias do Porto considera que "Fernando Barbosa é o melhor candidato por, entre outros motivos, residir e trabalhar no distrito do Porto, por conhecer bem as estruturas locais e a sua realidade concreta e por não exercer funções em nenhuma autarquia, o que implicaria limitação da sua disponibilidade.

Salientam ainda que, ao contrário da candidata Cecília Meireles, Fernando Barbosa "não exerce o cargo de deputado na Assembleia da Republica o que lhe tomaria o tempo suficiente para o exercício da sua função, em verdadeira oposição ao atual Governo" e que "não faz parte da estrutura superior do partido, função de elevada ocupação".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório