Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2018
Tempo
MIN 5º MÁX 6º

Edição

Netos de líder da IURD negam adoção ilegal. "Nós não fomos raptados"

"Queremos o direito de resposta", pede Louis Carlos à TVI, depois da reportagem emitida esta segunda-feira e que denuncia que foram raptados e adotados ilegalmente pelo líder da IURD.

Notícias ao Minuto

12:56 - 12/12/17 por Notícias Ao Minuto

País Polémica

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) está a ser alvo de uma investigação do Ministério Público, na sequência de uma reportagem da TVI sobre alegadas adoções ilegais. O Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) está a apurar a ligação entre a instituição e uma alegada rede internacional de tráfico de crianças, denunciada pela televisão de Queluz.

"Existe um inquérito relacionado com essa matéria, tendo o mesmo sido remetido ao DIAP para investigação", confirmou a Procuradoria-Geral da República (PGR) em resposta à agência Lusa.

Fundada no Brasil, em 1977, pelo bispo Edir Macedo, e com presença em Portugal desde 1989, a IURD está a ser acusada de raptar crianças portuguesas que posteriormente, já fora de Portugal, foram adotadas.

O 'esquema' seria feito por meio de um lar ilegal em Lisboa. A TVI denunciou, aliás, que os netos do líder Edir Macedo fazem parte desse grupo de crianças.  Vera de Andrade e Louis Carlos de Andrade são filhos adotivos de Viviane Freitas, filha do bispo Macedo.

A IURD já negou, em comunicado, todas as acusações e hoje, num vídeo publicado na página de YouTube da Igreja Universal, negam quaisquer ilegalidades no seu processo de adoção.

"A TVI está dizendo coisas a nosso respeito que não são verdadeiras. Estão dizendo que fomos raptados pela cúpula da Igreja Universal. Nós não fomos raptados, fomos adotados de forma legal por uma família americana e vivemos até os nossos 20 anos com esta família nos Estados Unidos", diz Louis Carlos.

"Queremos dizer à TVI que não é justo, de forma nenhuma, o que eles estão fazendo connosco. E queremos o direito de resposta", pede Louis no vídeo.

Refira-se que, atualmente, a IURD tem nove milhões de fiéis, espalhados por 182 países, 320 bispos e cerca de 14 mil pastores. É liderada por Edir Macedo, o pastor mais rico e poderoso do Brasil, detentor de um património superior a mil milhões de dólares.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório