Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Filhos lançam apelo a mãe desaparecida. "Por favor, diz algo"

Isabel Justino desapareceu na quinta-feira, 23 de novembro. Foi vista pela última vez no Montijo, alegadamente a apanhar um autocarro para Setúbal. O filho, Jorge Justino, mostra-se perplexo com a situação e realça que a família "é muito unida".

Filhos lançam apelo a mãe desaparecida. "Por favor, diz algo"
Notícias ao Minuto

18:55 - 27/11/17 por Pedro Bastos Reis 

País Montijo

Isabel Justino, de 46 anos, mora no Montijo e desde a passada quinta-feira (dia 23) que os seus filhos e marido não têm novidades sobre o seu paradeiro.

Por esse motivo, Jorge e Rita Justino, os filhos de Isabel, têm lançado vários apelos nas redes sociais, para que quem tenha informações os contacte de imediato.

Ao Notícias ao Minuto, Jorge Justino confessa-se desesperado com a situação. “Temos zero informação. Não é normal acontecer uma coisa assim. A nossa família é muito unida, nunca esperámos uma coisa destas”, desabafa.

A última vez que os filhos tiveram notícias da mãe foi na passada quinta-feira. Isabel Justino trabalha na Florisul, uma estufa de flores, no Montijo, e avisou os filhos de que iria chegar mais tarde nesse dia.

No entanto, por volta das 20h00, a família começou a estranhar o facto de Isabel não atender o telemóvel. O marido de Isabel foi ao seu local de trabalho, em vão.

No dia seguinte, Jorge Justino decidiu colocar um apelo nas redes sociais. “A minha mãe, Isabel Justino, encontra-se desaparecida desde a manhã de ontem, 23 de novembro. Saiu de casa, no Montijo, pelas 07h30 e até agora não deu notícias e tem o telemóvel desligado. Alguma pista, alguma notícia, entrem em contacto comigo por favor, a qualquer hora”, escreveu no Facebook.

Nessa mesma sexta-feira, uma colega de trabalho disse que viu Isabel Justino, por volta das 08h30, na quinta-feira, na estação dos TST no Montijo, onde terá apanhado um autocarro para Setúbal. Esta é a última informação que a família de Isabel Justino tem relativamente ao seu paradeiro. Desde quinta-feira que Isabel não comparece no local de trabalho. 

“A minha mãe saiu de casa sem nada”

Jorge Justino, reforçando a ideia de que o desaparecimento apanhou toda a família de surpresa, decidiu dar conta às autoridades do desaparecimento da mãe. Ao Notícias ao Minuto, conta que se deslocou, de imediato, à Polícia de Segurança Pública (PSP) do Montijo, tendo sido, entretanto, avisado de que o caso passou para a Polícia Judiciária.

O que está a gerar principal preocupação no desaparecimento é o facto de Isabel Justino ter saído de casa sem documentos. Para além disso, diz Jorge Justino, Isabel, antes de sair de casa na quinta-feira, terá escondido o telemóvel e os seus documentos. “A minha mãe saiu de casa, sem nada. Deixou os documentos e o telemóvel, escondidos, em casa”, lamenta.

Desesperado, Jorge, juntamente com a sua família, tem procurado a mãe nas redondezas. Conta que chegou a receber a informação de que Isabel poderia ter sido vista no Almada Fórum. Por esse motivo, deslocou-se ao local e deixou uma foto da mãe com os seguranças.

Ontem, Isabel Justino fez 46 anos. Assinalando a data, Jorge Justino voltou a deixar um apelo no Facebook. “A minha mãe continua desaparecida e estamos num vazio de informação. Apenas sabemos que foi vista na estação da TST no Montijo, alegadamente a apanhar um autocarro com direcção a Setúbal, no dia 23 pelas 08h30. Não sabemos o destino final nem temos notícias que mais alguém a tenha visto. Alguma informação, por favor entrem em contacto.” No texto partilhado, deixou ainda um apelo a Isabel. “Hoje é o dia do teu aniversário. Por favor, diz algo mãe”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório