Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2017
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

Quercus apela ao apadrinhamento de animais selvagens feridos nos fogos

Associação alerta para o número recorde de 250 animais selvagens feridos que já deram entrada no CERAS, o hospital de fauna selvagem em Castelo Branco. Apela ao voluntariado e doações. A Quercus vai voltar a lançar em conjunto com os CTT uma campanha de florestação.

Quercus apela ao apadrinhamento de animais selvagens feridos nos fogos
Notícias ao Minuto

18:19 - 31/07/17 por Notícias Ao Minuto

País Ambiente

Os incêndios, a vaga de calor e a seca extrema que estão a assolar Portugal provocaram um aumento recorde no número de animais selvagens feridos que já deram entrada no CERAS, o Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens em Castelo Branco.

Num comunicado enviado à redação do Notícias Ao Minuto, a Quercus avança que o hospital de fauna selvagem já recebeu 250 animais desde o início do ano, quando habitualmente recebe em média "cerca de 200 animais por ano". A associação adianta que é provável que este número "duplique até ao final de 2017".

Nas últimas semanas estiveram em recuperação no CERAS 90 animais em simultâneo, encontrando-se nesta altura 50 animais a receber tratamento. Na sua maioria são diversas espécies de aves, mas também esquilos.

A Quercus deixa assim um apelo ao voluntariado e também a donativos em dinheiro ou em géneros. A Quercus apela também para que os portugueses apadrinhem um animal que esteja em recuperação, uma forma de "colaborar na preservação de diferentes espécies" da fauna selvagem. Os padrinhos recebem um certificado de apadrinhamento e poderão assistir à libertação do animal quando ele for "devolvido ao meio natural".

A Quercus, em conjunto com os CTT, volta a lançar a campanha 'Uma árvore pela floresta'. Será assim reforçada a partir desta segunda-feira a plantação de árvores de espécies autóctones em terrenos de todo o país, incluindo áreas ardidas como é o caso de Castanheira de Pera.

Os interessados em contribuir para este projeto podem dirigir-se a uma loja dos CTT aderente até 30 de novembro. Podem saber quais as lojas aderentes neste link http://umaarvorepelafloresta.quercus.pt no qual também poderão contribuir com três euros, o custo de plantar uma árvore. Também podem contribuir através do site dos CTT. Não há limite ao número de árvores que podem ser apadrinhadas.

Esta já é a quarta edição deste projeto. Nas edições anteriores foram plantadas cerca de 11 mil árvores.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório