Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2019
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Buraco na Av. de Ceuta "não perturbou praticamente" o trânsito

A circulação na Avenida de Ceuta, onde sexta-feira abateu o piso, foi retomada segunda-feira, disse hoje à Lusa o vereador da Proteção Civil da Câmara de Lisboa, considerando que não houve uma perturbação significativa no trânsito.

Buraco na Av. de Ceuta "não perturbou praticamente" o trânsito

Ao início da tarde de sexta-feira registou-se um abatimento do pavimento no final da Avenida de Ceuta, no sentido sul/norte, junto a uma bifurcação que permite aceder à Avenida Calouste Gulbenkian (em direção à Praça de Espanha) ou ao Eixo Norte-Sul.

Na altura, os Sapadores Bombeiros de Lisboa explicaram que o abatimento provocou um buraco com nove metros quadrados de diâmetro e vários metros de profundidade.

Inicialmente, fonte da autarquia indicou à Lusa que os trabalhos de reparação iriam "prolongar-se até quarta-feira", mas acabaram por terminar mais cedo.

"A intervenção foi feita logo na sexta-feira ao final da tarde, portanto houve condições para fazer o aterro", começou por afirmar na terça-feira o vereador da Proteção Civil do município, Carlos Castro, à agência Lusa, à margem de uma reunião plenária da Assembleia Municipal de Lisboa.

"Reabrimos no sábado ao final da tarde a via para a Praça de Espanha e depois, na segunda-feira de manhã, por volta das seis da manhã, abrimos o acesso ao Eixo Norte-Sul e portanto já se circula com toda a normalidade agora", acrescentou.

Carlos Castro explicou também que a primeira previsão de que os trabalhos estariam terminados na quarta-feira se devia "ao material necessário para aterrar aquele local".

"Como tivemos acesso, foi feita essa intervenção o mais rápido possível no sentido de perturbar o mínimo aquela zona de atravessamento da cidade, que é uma zona também sensível", salientou.

O vereador advogou então que o abatimento do piso "não perturbou praticamente o trânsito na cidade".

"A minha preocupação era garantir a segurança no momento em que aquilo ocorreu, a seguir fazemos a intervenção. Fizemos e em 24 horas praticamente, uma das vias abriu", advogou.

Questionado sobre o valor da intervenção, o autarca escusou-se a apontar um orçamento.

Ainda na sexta-feira, o vereador frisou que "nenhum veículo caiu dentro do buraco, não há feridos e não há danos materiais".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório