"Quero expressar as minhas sinceras condolências ao povo brasileiro"

O Presidente português lamentou hoje as mortes provocadas pela queda de um avião na Colômbia, no qual seguia a equipa brasileira de futebol do Chapecoense, e expressou em particular condolências ao Presidente do Brasil e ao povo brasileiro.

© Global Imagens
País Presidência

Numa nota divulgada na página da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa lamenta a "morte de dezenas de pessoas no trágico acidente aéreo ocorrido esta madrugada na Colômbia, em que se perdeu também a grande maioria dos jogadores do Chapecoense".

PUB

"Quero expressar as minhas sinceras condolências ao Presidente Michel Temer, ao povo brasileiro, e de outras nacionalidades, e a todos os familiares por esta perda inestimável", acrescenta o chefe de Estado português.

Segundo a agência de Aeronáutica Civil da Colômbia (Aerocivil), 81 pessoas viajavam no avião que se despenhou hoje perto do aeroporto internacional de Medellín. Pelo menos 75 pessoas morreram.

O avião despenhou-se quando se dirigia para o aeroporto José María Córdoba, em Medellin, onde a equipa do Chapecoense jogava na quarta-feira um jogo da final da Taça Sul-americana, frente ao Atlético Nacional colombiano.

Em comunicado, o aeroporto de Medellín refere que o avião, com matrícula da Bolívia, "declarou-se em emergência" às 22:00 locais (03:00 em Lisboa) "por falhas técnicas", de acordo com a transmissão feita para a torre de controlo.

O avião tinha saído do aeroporto Viru Viru, de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, onde aparentemente tinha realizado uma escala técnica.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser