Meteorologia

  • 21 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 26º

Programa Residência Farmacêutica terá 139 vagas para formar especialistas

O segundo concurso de acesso ao programa Residência Farmacêutica, cuja prova de ingresso se realiza no final de setembro, vai contar com 139 vagas para especialização em Farmácia Hospitalar, Análises Clínicas e Genética Humana, anunciou hoje o Governo.

Programa Residência Farmacêutica terá 139 vagas para formar especialistas
Notícias ao Minuto

17:10 - 18/08/23 por Lusa

País Farmácia

O programa de formação pós-graduada de farmacêuticos começa em janeiro do próximo ano e a prova de ingresso será no dia 28 de setembro, segundo um despacho publicado em Diário da República e assinado pelo ministro das Finanças, secretária de estado da Administração Pública e secretário de Estado da Saúde.

O diploma que fixa o número de vagas do concurso - 139 lugares - contempla 98 lugares em Farmácia Hospitalar, 33 em Análises Clínicas e oito em Genética Humana.

A formação decorrerá maioritariamente em instituições do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

"Com este segundo contingente, subirá para cerca de 280 o número de farmacêuticos a fazer a sua formação especializada no âmbito do programa de Residência Farmacêutica, que tem a duração de quatro anos e responde a um compromisso estabelecido pelo Governo com esta classe profissional, com o objetivo de valorizar a formação dos profissionais e qualificar os cuidados prestados à população", refere o gabinete de imprensa do ministro da Saúde em comunicado divulgado hoje.

A Farmácia Hospitalar, as Análises Clínicas e a Genética Humana são áreas de exercício profissional cuja qualificação especializada é obtida pela frequência e aproveitamento na Residência Farmacêutica.

No ano passado, quando se realizou a primeira edição do concurso de acesso à Residência Farmacêutica, participaram mais de 300 candidatos, segundo dados do Ministério da Saúde.

Leia Também: Covid-19. Farmácias comunitárias vão administrar vacinas este outono

Recomendados para si

;
Campo obrigatório