Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2024
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 18º

ASPP/PSP diz que reunião com secretária de Estado foi "inconclusiva"

Paulo Santos, da ASPP/PSP, frisa o "quadro gravíssimo em que se encontra a PSP", com escassez "aguda" de efetivo para as variadíssimas missões e valências, com o efetivo "envelhecido, desmotivado e com a sua saúde comprometida".

ASPP/PSP diz que reunião com secretária de Estado foi "inconclusiva"
Notícias ao Minuto

21:14 - 28/06/23 por Notícias ao Minuto

País PSP

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) esteve reunida, hoje, dia 28 de junho, no MAI, com a secretária de Estado, Isabel Oneto.

Contudo, a reunião, dizem, foi "inconclusiva".

Segundo comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso, a secretária de Estado apresentou duas questões, a proposta de regulamentação do Diploma de Higiene e Segurança no Trabalho e Proposta de Regulamentação dos Serviços Remunerados.

"Sobre o primeiro assunto, o MAI pretende consagrar inicialmente a medicina preventiva, num quadro mais abrangente e de aplicação num espaço temporal", pode ler-se. 

A ASPP/PSP, sobre a Higiene e Segurança no Trabalho, "informou que participou em todas as reuniões anteriores sobre essa temática, deixou as suas propostas e aguarda a aplicação de um diploma que responda efetivamente às necessidades".

Sobre serviços remunerados, o MAI terá evidenciado uma nova tabela, "retificando carga horária, pequenos ajustes, também nos valores, que em nada respondem à exigência de tais serviços".

Sobre esta matéria, a Associação afirmou que disponibilizar tempo para esta discussão de serviços remunerados, "seria descurar tempo para discutir o essencial, ou seja, a necessidade de alteração das tabelas remuneratórias na PSP".

Efetivo envelhecido, desmotivado e com a sua saúde comprometida

Paulo Santos, da ASPP/PSP, frisa o "quadro gravíssimo em que se encontra a PSP", com escassez "aguda" de efetivo para as variadíssimas missões e valências, com o efetivo "envelhecido, desmotivado e com a sua saúde comprometida".

"Falta de atratividade e falta de candidatos, enquanto carreira especial da Administração Pública, o que está a agravar a cada dia que passa o funcionamento e equilíbrio da Instituição", refere, frisando ainda a "sobrecarga de trabalho, corte de férias, corte de folgas e desrespeito pela pré-aposentação".

Por fim, a ASPP/PSP solicitou ainda que, o MAI, no âmbito da Jornada Mundial da Juventude, "emanasse uma clarificação vinculativa a todo o país", referente às condições de trabalho e garantias dos profissionais que vão estar envolvidos no evento, "por forma a uma aplicação transversal e uniforme por todos os profissionais". 

Leia Também: PSP deteve três suspeitos de tráfico de droga em urbanização de Famalicão

Recomendados para si

;
Campo obrigatório