Meteorologia

  • 08 JUNHO 2023
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 22º

Navio no Douro "sem foco ativo de incêndio" nem derrame de combustível

O incêndio num navio que deflagrou esta terça-feira obrigou ao resgate de 12 tripulantes, tendo os restantes sete tripulantes ficado a bordo.

Navio no Douro "sem foco ativo de incêndio" nem derrame de combustível

Terminou a primeira inspeção técnica ao navio Greta K feita pela fragata Corte-Real da Marinha portuguesa, acaba de revelar Silva Rocha, Capitão do Porto de Leixões. 

"Percorreram os compartimentos fazendo uma avaliação das temperaturas chegando ao espaço das máquinas onde ainda há temperaturas que temos que analisar melhor qual a origem", explicou o Capitão em declarações aos jornalistas, revelando ainda que "neste momento não há nenhum foco de incêndio ativo". 

Poderá, contudo, haver um "foco de combustão lenta a provocar valores que estão a ser ponderados. Estamos a ponderar a decisão a tomar a seguir", disse.

Ainda segundo Silva Rocha, a "decisão a tomar seria rebocar o navio para o Porto de Leixões mas o port state está a ponderar o que fazer". Mas esta decisão terá de ser tomada com alguma brevidade, precavendo o agravamento das condições marítimas que se vai fazer sentir nos próximos dias

Segundo a mesma fonte, alguns dos 16 tripulantes já começaram a ser ouvidos em sede de inquérito. 

Decorrente deste incidente, não houve derrame "e não se prevê que aconteça". 

Recorde-se que o alerta para o incêndio no navio Greta K, foi dado às 15h24 desta terça-feira. Pelas 17h00, era ainda visível um fumo negro a sair do navio em chamas que se dirigia para o porto de Leixões, em Matosinhos. A embarcação está registada em Malta e partiu de Sines

[Notícia atualizada às 19h57]

Leia Também: Incêndio no 'Greta K' deixa "fatores de preocupação em termos ambientais"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório