Meteorologia

  • 02 OUTUBRO 2023
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

APA admite que ETAR em Paços de Ferreira "não cumpre com as normas"

A Agência Portuguesa de Ambiente (APA) admitiu que a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Arreigada, em Paços de Ferreira, junto a um afluente do rio Douro, "não cumpre com as normas de descarga estabelecidas na legislação em vigor".

APA admite que ETAR em Paços de Ferreira "não cumpre com as normas"
Notícias ao Minuto

17:19 - 28/02/23 por Lusa

País Agência Portuguesa de Ambiente

A conclusão daquela entidade, refere-se num esclarecimento enviado segunda-feira à agência Lusa, decorre do "histórico de funcionamento da ETAR", nomeadamente após a remodelação realizada recentemente no equipamento.

"Atualmente, verifica-se que a ETAR [junto ao rio Ferreira] ainda não consegue ter capacidade para proceder ao tratamento integral de toda a quantidade de águas residuais afluentes à ETAR, estimando-se que 1.500 m3/dia (20% do afluente total) seja sujeita a todas as etapas de tratamento", lê-se na informação.

Refere-se, por outro lado, que, "por forma a ajudar o município [de Paços de Ferreira), a APA já sinalizou a prioridade desta questão junto da entidade gestora do PT2030 para o ciclo urbano da água, no sentido de acomodar os trabalhos necessários em futuros avisos a financiamento".

A posição daquela agência pública acontece depois de o movimento #MovRioDouro ter criticado, no dia 14 de fevereiro, "a falta de resposta" da Agência Portuguesa do Ambiente a problemas na bacia do Douro, concretamente um foco de poluição e uma estação de tratamento que despeja efluentes para um rio.

"Um foco de poluição no rio Douro ou uma Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que apenas trata 10 a 15% dos efluentes e despeja o resto diretamente no rio Ferreira não podem ser ignorados", afirmou então, citado em comunicado, Gustavo Briz, membro do #MovRioDouro.

Aquele movimento também pediu dados sobre a caracterização físico-química e volume dos efluentes libertados em meio hídrico pela ETAR de Arreigada e cópia das licenças de descarga.

Em outubro de 2022, o presidente da vizinha Câmara de Paredes admitiu que a remodelação da Estação de Tratamento de Águas Residuais de Paços de Ferreira, onde foram investidos 5,1 milhões de euros, não tinha resolvido o problema da poluição do rio Ferreira.

Em declarações à Lusa, Alexandre Almeida contou ter recebido a informação de que a vizinha Câmara de Paços de Ferreira concluíra que os equipamentos não funcionam como era suposto e avançou com uma ação em tribunal contra a empresa responsável pela instalação da ETAR.

A Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Arreigada drena os efluentes para o rio Ferreira, linha de água que evolui para o vizinho concelho de Paredes, na zona de Lordelo, onde a poluição é observada há mais de duas décadas.

Leia Também: GNR deteta operador ilegal de gestão de resíduos em Loures

Todas as Notícias. Ao Minuto.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recomendados para si

;
Campo obrigatório