Meteorologia

  • 25 ABRIL 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 19º

Municípios a Norte cancelam festejos de Ano Novo devido ao mau tempo

As autarquias de Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Santo Tirso e Amarante, no distrito do Porto, e de Chaves, Vila Real, divulgaram esta sexta-feira o cancelamento dos festejos de fim de ano, devido ao agravamento das condições meteorológicas.

Municípios a Norte cancelam festejos de Ano Novo devido ao mau tempo
Notícias ao Minuto

06:20 - 31/12/22 por Lusa

País Mau tempo

Em Vila do Conde, o programa de passagem de ano junto ao Forte de São João foi cancelado, explicou esta autarquia através da rede social Facebook.

Também na Póvoa de Varzim as condições climatéricas adversas levaram ao cancelamento da festa de fim de ano e do fogo-de-artifício, após reunião entre as autoridades locais, divulgou esta câmara em comunicado.

A autarquia de Santo Tirso divulgou em comunicado que cancelou o programa de animação da noite de passagem de ano, previsto para a praça 25 de abril, designadamente a atuação da Orquestra Pentágono, a distribuição de champanhe e o fogo-de-artifício.

Também o fogo-de-artifício da passagem de ano foi cancelado em Amarante, divulgou a autarquia no Facebook.

Já a Câmara de Chaves cancelou os festejos de passagem de ano previstos ao ar livre, com a exceção do lançamento de fogo-de-artifício, que ocorrerá nas margens do rio Tâmega pela meia-noite, divulgou esta autarquia.

Durante sexta-feira Porto, Gaia e Matosinhos tinham anunciado o cancelamento das celebrações de Ano Novo devido ao agravamento das condições meteorológicas.

A Câmara Municipal de Viseu e a Viseu Marca também anunciaram também na sexta-feira que as celebrações do fim de ano foram canceladas, mas mantém o fogo-de-artifício e a restauração a funcionar.

A Proteção Civil alertou esta sexta-feira para a possibilidade de inundações, deslizamento de terras e lençóis de água nas estradas devido às previsões de chuva e vento forte a partir de sábado, principalmente nas regiões do Norte e Centro.

A ANEPC, que cita as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), dá conta de períodos de chuva persistente, por vezes forte, a partir do final da tarde de sábado, no Minho e Douro Litoral, estendendo-se às restantes zonas do Norte e Centro a partir da madrugada de domingo.

Face às previsões meteorológicos e às informações sobre as bacias hidrográficas, a Proteção Civil avisa a população para a possibilidade de inundações em zonas urbanas, de cheias, deslizamentos, derrocadas, arrastamento para as vias rodoviárias de objetos soltos devido aos episódios de vento forte e piso rodoviário escorregadio e formação de lençóis de água.

A ANEPC recomenda ainda à população a tomada das necessárias medidas de prevenção, nomeadamente a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de objetos que possam ser arrastados, não se expor às zonas afetadas pelas cheias, garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estar atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores devido ao vento mais forte, adotar uma condução defensiva e não atravessar zonas inundadas, bem como não praticar atividades relacionadas com o mar.

Leia Também: Mau tempo obrigou a cancelar (vários) festejos de Ano Novo. Saiba onde

Recomendados para si

;
Campo obrigatório