Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2023
Tempo
10º
MIN 4º MÁX 12º

Funcionários consulares suspendem greve. Negociações arrancam 2.ª-feira

Negociações entre sindicato e Governo começam segunda-feira.

Funcionários consulares suspendem greve. Negociações arrancam 2.ª-feira
Notícias ao Minuto

18:28 - 03/12/22 por Notícias ao Minuto com Lusa

País Greve

Os trabalhadores nas missões diplomáticas e postos consulares no estrangeiro desconvocaram uma greve de seis semanas, que deveria arrancar na segunda-feira, 5 de dezembro. A informação foi confirmada, em comunicado, pelo STCDE - Sindicato dos Trabalhadores Consulares, das Missões Diplomáticas e dos Serviços Centrais do Ministério dos Negócios Estrangeiros. 

Segundo a nota do STCDE, "estão reunidas as condições para uma negociação séria e contínua" com o Governo a partir de segunda-feira.

"O nosso processo reivindicativo foi apreciado na sede mais alta do governo, nomeadamente o gabinete do Sr. Primeiro-Ministro, tendo finalmente sido desbloqueado e o STCDE recebeu ontem pelas 23h30 de Lisboa, elementos escritos suficientes quanto à validação das propostas assim como o calendário negocial e publicação dos textos negociados e consensualizados", lê-se.

"Na posse destes elementos concretos e decisivos, estão reunidas as condições para uma negociação contínua, que arranca já nesta segunda-feira, dia 5 de dezembro, com as novas tabelas salariais", acrescenta a mesma nota, que releva que foi decidido "suspender a greve inicialmente programada a partir de segunda-feira". 

O STCDE tinha anunciado uma greve para começar naquela data e prolongar-se durante seis semanas, justificada pela "inércia do Governo em aprovar novas tabelas salariais aplicáveis a todos os trabalhadores" e por "não concretizar" acordos que foram feitos nos últimos tempos, em várias matérias.

Em novembro, o ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, disse acreditar na possibilidade de evitar a greve de seis semanas convocada pelo sindicato.

"Há espaço para o diálogo e será possível, o sindicato querendo, evitar essa greve", afirmou Gomes Cravinho, confiando que seria "possível encetar diálogo e olhar para algumas das suas reivindicações", nas semanas seguintes.

A greve dos trabalhadores nas missões diplomáticas e postos consulares, decretada pelo STCDE, iria decorrer entre 5 de dezembro deste ano e 12 de janeiro de 2023.

Leia Também: Hospital de Ponta Delgada. Diretores recuam e tentam reconstruir escalas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório