Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2022
Tempo
MIN 8º MÁX 12º

Recluso agride guarda prisional na ala psiquiátrica do hospital prisional

A altercação aconteceu na enfermaria, após uma busca. O recluso, com 45 anos, acusou os guardas de lhe terem roubado as meias e partiu para a violência. 

Recluso agride guarda prisional na ala psiquiátrica do hospital prisional

Um guarda prisional, de 50 anos, foi agredido a murro por um recluso, caindo após a agressão e magoando-se no pulso direito, na ala psiquiátrica do Hospital Prisional São João Deus, em Caxias. 

A altercação aconteceu na enfermaria, após uma busca. O recluso, com 45 anos, acusou os guardas de lhe terem roubado as meias e partiu para a violência. 

A vítima, avançou ao Notícias ao Minuto um elemento da direção do Sindicato Nacional Corpo Guarda Prisional, foi encaminhada ao hospital para fazer TAC e raio-X.

O preso em questão já será reincidente, sendo esta a quarta ocorrência registada.

Ao Notícias ao Minuto, o Sindicato Nacional Corpo Guarda Prisional acusa o Governo de desinvestimento nos serviços prisionais e aponta que a profissão de guarda prisional "deixou de ser atrativa por causa dos baixo salário", pelas condições precárias e por falta de meio face aos reclusos que, segundo os guardas, não param de aumentar, causando uma carência de recursos humanos nas cadeias.

"O Sindicato irá até as últimas consequências para combater estas agressões e estar sempre ao lado dos seus associados para punir na justiça todos aqueles que não respeitarem a farda", frisou o Sindicato Nacional Corpo Guarda Prisional.

Leia Também: Guarda prisional agredido por recluso na cadeia de Sintra

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório