Meteorologia

  • 16 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 26º

Famílias pedem que prioridade dos irmãos seja alargada a agrupamentos

A Associação Portuguesa de Famílias Numerosas (APFN) pediu hoje ao Ministério da Educação uma revisão legal que permita dar prioridade aos irmãos do mesmo agrupamento, alargando a medida que agora é aplicada apenas para frequentar a mesma escola.

Famílias pedem que prioridade dos irmãos seja alargada a agrupamentos
Notícias ao Minuto

13:32 - 27/06/22 por Lusa

País Escolas

Apesar de os irmãos frequentarem muitas vezes níveis de ensino diferentes e por isso diferentes escolas, "a regra da prioridade dos irmãos não se aplica aos agrupamentos", alertou em comunicado enviado à Lusa a APFN, lembrando que se aplica apenas para inscrever no mesmo estabelecimento de ensino.

A aplicação restritiva da lei "tem impedido os irmãos de frequentarem o mesmo agrupamento de escolas, como seria desejável e racional em todos os sentidos, obrigando as famílias a deslocações desnecessárias e onerosas, que não conseguem suportar", sublinhou a APFN.

A associação enviou ao Ministro da Educação um "pedido urgente" de revisão da lei que possa ser aplicada já no próximo ano letivo, que começa em setembro.

Acabando assim com a situação atual, que segundo a APFN, tem impossibilitado as famílias de matricular os seus filhos no mesmo agrupamento de escolas.

Para a APFN este é um problema "de muito fácil resolução", cuja consequência é uma "melhoria substancial da qualidade de vida das famílias, ao nível da alocação de tempo e recursos".

Por isso, a APFN apelou à intervenção urgente do Governo para que seja alterada a situação, "que leva a acréscimos de custos e de tempo não comportáveis pelas famílias".

Leia Também: Macau recua e permite realização de exames nacionais na Escola Portuguesa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório