Meteorologia

  • 07 JULHO 2022
Tempo
38º
MIN 21º MÁX 38º

Costa e Sánchez sublinham importância das interconexões energéticas

O primeiro-ministro português e o chefe do Governo espanhol tiveram hoje um encontro de trabalho para preparar a próxima cimeira europeia com destaque para o apoio à Ucrânia e para as questões energéticas, incluindo as interconexões energéticas.

Costa e Sánchez sublinham importância das interconexões energéticas
Notícias ao Minuto

23:48 - 26/05/22 por Lusa

País Energia

António Costa realçou através da rede social Twitter a importância das interconexões energéticas, onde Portugal e Espanha podem apoiar os restantes países europeus no fornecimento das necessidades de gás natural da Europa.

Os dois líderes estiveram reunidos no início da noite para discutir e coordenar a posição dos dois países ibéricos na cimeira extraordinária de chefes de Estado e de Governo da União Europeia que vai ter lugar na próxima segunda e terça-feira em Bruxelas.

"As interconexões [energéticas] são uma prioridade no contexto europeu, mas precisamos de um verdadeiro compromisso político e financeiro da UE", disse o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, citado num comunicado de imprensa.

De acordo com Lisboa, Portugal e Espanha em conjunto têm capacidade instalada para suprir 30% daquilo que são as necessidades energéticas da Europa em gás natural, mas não podem disponibilizar essa capacidade porque não há interconexão que permita exportar esse gás natural para o resto da Europa.

No final de março, numa reunião ordinária do Conselho Europeu, os 27 também reconheceram a singularidade de Espanha e Portugal em matéria energética, o que permitirá a ambos os países implementar medidas temporárias e excecionais para reduzir os preços da eletricidade para consumidores e empresas.

Os dois chefes de Governo também abordaram a importância da unidade entre os países europeus face à invasão russa da Ucrânia.

"A articulação ibérica fortalece as relações bilaterais e o nosso papel comum na redefinição estratégica da Europa", afirmou António Costa através do Twitter.

A reunião entre os líderes europeus vai discutir as ajudas à Ucrânia e sanções à Rússia, questões em que os 27 não estão totalmente de acordo devido à dependência que alguns Estados-membros têm de produtos energéticos da Rússia.

A nota de imprensa do gabinete do primeiro-ministro espanhol recorda que o encontro ente António Costa e Pedro Sánchez é a "primeira reunião bilateral após a formação do novo governo português", tendo sido também tratadas "relações bilaterais, que transcendem o quadro clássico, dada a amplitude e profundidade da agenda comum".

Leia Também: PSD acusa Costa de ser "absolutamente irresponsável" na descentralização

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório