Meteorologia

  • 05 JULHO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 32º

Já pode realizar testes rápidos de forma gratuita nas farmácias

Testes rápidos voltam a ser gratuitos nas farmácias, mas lembre-se que é necessária receita e a comparticipação não pode superar os 10 euros.

Já pode realizar testes rápidos de forma gratuita nas farmácias

É já esta quarta-feira que os testes à Covid-19 prescritos pelo Serviço Nacional de Saúde voltam a ser comparticipados a 100% nas farmácias, podendo assim recorrer a esta possibilidade.

A medida deveria ter começado ontem, mas devido a acertos técnicos arrancou apenas no dia de hoje.

Recorde-se que foi na passada segunda-feira, 23 de maio, que a decisão foi conhecida através de uma portaria publicada em Diário da República. O Governo justifica a decisão com a incidência muito elevada no país, com tendência crescente da pandemia da Covid-19. 

Até então, apenas era possível fazer testes prescritos e comparticipados a 100% nos laboratórios com acordo com o SNS. A partir de hoje, esta possibilidade volta a estar disponível nas farmácias comunitárias, podendo os cidadãos realizar testes rápidos de antigénio (TRAg) com um valor máximo em termos de comparticipação de 10 euros.

Em declarações à SIC Notícias, a presidente da Associação Nacional de Farmácias (ANF), Ema Paulino, explicou que, “neste momento, todas as farmácias estão a ultimar acessos à plataforma para poder ler as prescrições médicas para poderem fazer a comparticipação”. Contudo, “durante o dia de hoje as farmácias irão ter esta funcionalidade disponível e, portanto, já podem aplicar a comparticipação”. 

Questionada sobre a lista de farmácias que aderiram a este regime, a responsável lembra que antes esta lista estava disponível no site do Infarmed, não sabendo, “uma vez que o processo é ligeiramente diferente”, se irá continuar o mesmo método de consulta. No entanto, “através do site” da ANF “é possível não só visualizar as farmácias que têm o serviço, mas também, eventualmente, agendar o próprio teste”. 

A medida está em vigor até 30 de junho de 2022, não excluindo o Governo a possibilidade de prolongar a diretiva.

Leia Também: Testes rápidos voltam a ser gratuitos nas farmácias, mas só com receita

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório