Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2022
Tempo
24º
MIN 17º MÁX 24º

Van Dunem determina criação de programa de proximidade 'Fábio Guerra'

Terá como objetivo a "promoção da segurança, paz e tranquilidade públicas e prevenção da criminalidade nas zonas de diversão noturna."

Van Dunem determina criação de programa de proximidade 'Fábio Guerra'
Notícias ao Minuto

06:59 - 23/03/22 por Notícias ao Minuto com Lusa

País Fábio Guerra

"A Ministra da Administração Interna, Francisca Van Dunem, determinou à Polícia de Segurança Pública (PSP) a criação de um Programa Especial de Policiamento de Proximidade – denominado Programa Fábio Guerra – para a promoção da segurança, paz e tranquilidade públicas e prevenção da criminalidade nas zonas de diversão noturna", pode ler-se num comunicado do Ministério da Administração Interna (MAI) enviado esta quarta-feira às redações.

Na mesma nota é recordado que a "trágica morte do agente da PSP Fábio Guerra ocorreu segunda-feira, dia 21 de março, na sequência das brutais agressões sofridas dois dias antes junto a uma discoteca em Lisboa", com o despacho de Francisca Van Dunem a determinar também, "à Direção Nacional da PSP, a abertura de um inquérito para apurar os factos relativos ao falecimento do agente Fábio Guerra, com vista à decisão sobre a atribuição de compensação especial por morte aos herdeiros".

A Ministra da Administração Interna "determinou ainda a condecoração, a título póstumo, do agente Fábio Guerra com a Medalha de Serviços Distintos de Segurança Pública".

No despacho, datado de 21 de março, Francisca Van Dunem realça que o "agente Fábio Guerra acabou por falecer na sequência de um ato de generosidade, ao tentar restaurar a paz pública e revelando um superior sentido de missão, merecendo por esse motivo o devido reconhecimento público espelhado, nomeadamente, nestas três ações".

O agente Fábio Guerra, de 26 anos, morreu na segunda-feira, no Hospital de São José, em Lisboa, devido às "graves lesões cerebrais" sofridas na sequência das agressões de que foi alvo.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou ontem a esquadra da PSP de Alfragide para apresentar as condolências aos colegas do agente, enaltecendo a forma como "cumpriu a sua missão".

De acordo com um comunicado da PSP, o corpo do agente será trasladado pelas 14h00, hora a que sai do Instituto de Medicina Legal, em direção ao Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, em Moscavide, e daí para a Covilhã.

Segundo informação divulgada pela agência responsável pelo funeral, a chegada do corpo de Fábio Micael Serra Guerra à Covilhã está prevista para as 18h00 de quarta-feira. O corpo será transportado para um centro funerário no centro da cidade, onde o velório é reservado à família.

O funeral está marcado para quinta-feira, às 10h30, na Igreja de São José, localizada a poucos metros da casa dos pais do agente da PSP. O corpo será depois escoltado pelo Comando Metropolitano de Lisboa da PSP para o Cemitério da Covilhã, adianta a força policial, na mesma nota.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve na noite de segunda-feira três homens, de 24, 22 e 21 anos, suspeitos do homicídio do agente da PSP e agressões a outros quatro, na madrugada de sábado junto à discoteca MOME, em Lisboa.

[Notícia atualizada às 07h10]

Leia Também: Marcelo diz que agente Fábio Guerra nasceu "para servir os outros"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório