Meteorologia

  • 16 JANEIRO 2022
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 16º

Edição

Três farmácias de Beja já disponibilizam testes de antigénio gratuitos

Os testes de antigénio à covid-19 já podem ser efetuados gratuitamente em três farmácias da cidade de Beja, quando antes, no distrito, apenas podiam ser feitos numa farmácia localizada no concelho de Odemira.

Três farmácias de Beja já disponibilizam testes de antigénio gratuitos
Notícias ao Minuto

13:55 - 07/12/21 por Lusa

País Covid-19

Em comunicado enviado hoje à agência Lusa, a Câmara de Beja revelou que, "neste momento, são três as farmácias da cidade que já realizam estes testes".

E uma quarta farmácia, também na capital do distrito, encontra-se "em fase avançada de processo de adesão", acrescentou o município.

Na quinta-feira passada, o PCP anunciou ter questionado o Governo sobre a disponibilização de testes rápidos de antigénio à covid-19 no distrito de Beja, alegando que, das 53 farmácias comunitárias na região, "apenas uma", em Odemira, constava da lista do Infarmed.

Numa pergunta dirigida à ministra da Saúde, Marta Temido, os deputados comunistas João Dias e Paula Santos argumentaram que, "incompreensivelmente, a população do distrito de Beja fica, praticamente, sem acesso a esta medida de saúde pública".

Segundo os comunistas, neste distrito alentejano, "não é disponibilizado nenhum serviço público de saúde, seja nos cuidados de saúde primários, seja no hospital, ao qual a população possa aceder para fazer um teste rápido de antigénio".

O PCP questionou também sobre quais os motivos que "conduziram a que, em todo o distrito de Beja, apenas uma farmácia" disponibilizasse este teste rápido de antigénio à covid-19.

Quais as medidas que o Governo pretendia tomar "para que a população do distrito de Beja tenha condições para ser testada gratuitamente" era outra das questões.

O Ministério da Saúde voltou a comparticipar, até 31 de dezembro, testes rápidos de antigénio à covid-19.

A medida prevê a comparticipação a 100% dos referidos testes e tem como objetivo garantir o acesso da população à realização de testes como medida de proteção da saúde pública.

Os testes rápidos gratuitos têm um limite máximo de quatro testes de uso profissional por mês e por utente.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.551 pessoas devido à covid-19 e foram contabilizados 1.169.003 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como "preocupante" pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em cerca de 30 países de todos os continentes, incluindo Portugal.

Leia Também: Açores com 29 novos casos de Covid-19, três deles na ilha do Corvo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório