Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2021
Tempo
MIN 7º MÁX 12º

Edição

Berta Nunes destaca "apetência muito grande" de americanos por Portugal

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, destacou hoje, em declarações à Lusa, que existe "apetência" de norte-americanos e luso-americanos por investir em Portugal, o que abre portas a "muitas oportunidades".

Berta Nunes destaca "apetência muito grande" de americanos por Portugal

Berta Nunes disse, em balanço final da sua primeira visita aos Estados Unidos no cargo de secretária de Estado, que uma das principais componentes da última semana foi de "informar, falar e conhecer [interessados] para fazer negócio, porque há uma apetência muito grande neste momento dos americanos por visitar e por investir em Portugal".

A governante sublinhou também a vontade da comunidade de origem portuguesa, radicada nos Estados Unidos, "que é bem-sucedida e quer continuar a investir ou quer mandar os seus filhos para estudarem em Portugal".

Berta Nunes declarou que as "oportunidades", o investimento na direção de Portugal e as "muitas parcerias" já existentes conferem uma presença forte à comunidade luso-americana, que continua em crescimento.

Dado o forte crescimento, segundo a secretária de Estado, o serviço consular também está em vias de ser reforçado.

"Verificamos a necessidade de reforçar essa presença consular, porque também aqui estamos a ter uma comunidade em crescimento", afirmou Berta Nunes, dizendo que os movimentos da população portuguesa direcionam-se mais para o sul do país, por contraste com as primeiras ondas de imigração portuguesa para os Estados Unidos, que se centravam nos Estados de Nova Jérsia e Massachusetts.

"Não estamos só a falar das pessoas que estão reformadas e querem ir para a Florida, estamos a falar de muitos jovens que tivemos a oportunidade de conhecer e famílias com crianças" que estão a deslocar-se para sul do país, disse a secretária de Estado.

No caso de Palm Coast, sublinhou, já existe uma escola a ensinar português, além de um clube cultural recreativo com mais de 600 sócios.

O que distingue as comunidades portuguesas no norte e sul da Costa Leste é que à volta de Miami encontram-se mais luso-venezuelanos e luso-brasileiros.

"É uma comunidade de cidadãos portugueses mais diversa, tem outras características, mas é também uma comunidade muito vibrante e muito dinâmica", considerou a secretária de Estado, reafirmando o compromisso de dar apoio aos portugueses em todas as localidades.

Em declarações à Lusa, a partir de Florida, Berta Nunes indicou que a cônsul honorária de Portugal em Miami, Carolina Rendeiro, é muito ativa na atividade de 'networking' e "está a ajudar muitas empresas portuguesas a exportar e também a atrair investimento".

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas visitou consulados portugueses em Newark, Boston, New Bedford e Nova Iorque e também manteve encontros com cônsules honorários em Waterbury-Naugatuck (no Estado de Connecticut) e em Miami.

O estado da rede consular, assim como o ensino de português, que já conta com 20 mil alunos nos Estados Unidos, foram alguns dos principais assuntos abordados pela secretária de Estado nesta visita, para além de celebrações do Dia de Portugal em vários pontos do país e homenagens a líderes da comunidade e espaços culturais portugueses centenários.

A visita da secretária de Estado incluiu as cidades de Elizabeth e Newark, na Nova Jérsia, Boston, Fall River e New Bedford, em Massachusetts, Hartford em Connecticut, terminando em Palm Coast e Miami na Florida.

Leia Também: Época balnear abre hoje na maioria das praias portuguesas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório