Meteorologia

  • 10 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Português morre em França vítima de bala perdida

Carlos Soares deixa órfã uma filha de cinco anos.

Português morre em França vítima de bala perdida

Um português de 34 anos morreu, vítima de uma bala perdida, na passada quinta-feira, durante uma rixa entre jovens, no bairro de Marcouville, em França.

De acordo com o Le Figaro, Carlos Soares ainda foi socorrido, mas acabou por não sobreviver e morreu no interior da ambulância, quando estava a ser transportado para o hospital.

Tudo terá começado por causa de um motociclo roubado. A vítima do roubo, assim como um amigo, ambos de 23 anos, e o pai, de 57, decidiram, na tarde de quinta-feira, dar uma volta pela cidade à procura do veículo quando, a certa altura, viram um jovem a fazer “gincanas” com a mota roubada.

Perante isso, o condutor da viatura onde o trio seguia decidiu ir de encontro ao, alegado, ladrão, um jovem de 21 anos, que estava sem capacete.

O rapaz ficou ferido com gravidade e acabou por morrer já no hospital, horas mais tarde.

Ao presenciarem este ataque, vários jovens do bairro revoltaram-se contra a viatura do trio, ao que o homem mais velho respondeu com vários tiros, um dos quais atingiu Carlos no peito.

A advogada da família garante que o português nada tinha a ver com a rixa. “Carlos não tem nada a ver com aqueles rapazes do bairro. É uma vítima colateral”, defendeu Sandrine Paris-Heidegger nos meios de comunicação social locais.

Já segundo o Luso Jornal, Carlos “trabalhava que se fartava”. Há uns anos casou-se com a mulher de quem tinha uma filha de cinco anos.

Os amigos organizaram uma “recolha solidária de fundos” para ajudar a família a pagar o funeral.

Leia Também: Cinco suspeitos de homicídio detidos em Sevilha e Portugal

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório