Meteorologia

  • 10 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Covid-19. Matemático afirma que o R(t) em Portugal já está acima de 1

Henrique Oliveira explica como é feita a contagem pelas autoridades de Saúde e frisa que o valor estava cerca dos 1,08. Iremos, então, avançar no desconfinamento com um R(t) para lá do estipulado pelo Governo.

Covid-19. Matemático afirma que o R(t) em Portugal já está acima de 1

Henrique Oliveira, matemático e professor no Instituto Superior Técnico, esteve, este sábado, na TVI24, onde teceu considerações acerca do valor do R(t) que, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) se situa nos 0,97

"Eu não posso discordar dos relatórios da DGS, estão certos, só que há um pequeno problema que é o facto de se referirem há muitos dias atrás. Ou seja, as nossas autoridades de saúde não estão a calcular o R(t) como faz o Instituto Robert Koch, na Alemanha, há quatro dias. O R(t) que é anunciado é uma média que termina no dia 28 de março", frisa. 

Para o especialista, o valor "está absolutamente correto", uma vez que "o R(t), aí, estava a 0,97". "Não há erro nenhum, mas o R(t) já subiu e nós ontem [sexta-feira] fizemos contas e a nossa avaliação é que o R(t) estaria entre 1,02 e 1,10, estaria a ficar já próximo do 1,08", explicou.

Sendo esta uma das variáveis imprescindíveis para o controlo da pandemia e para o avançar (ou não) do plano de desconfinamento apresentado pelo Executivo de António Costa - recorde-se que é puxado o 'travão' quando o valor atingir o 1 -, Henrique Oliveira afirma que estes números querem dizer que "temos surtos com alguma dimensão em algumas regiões do país"

"Esses surtos têm aumentado a incidência. Existe claramente um aumento da incidência, este é um facto indesmentível. A semana transata teve muitos mais casos do que há duas semanas [...] A incidência subiu, mas subiu em zonas localizadas do país", destaca. 

Já o processo de desconfinamento que irá iniciar esta segunda-feira, dia 5, foi, na opinião do professor, "desencadeado com dados que ainda estavam atrasados"

Questionado sobre se vamos desconfinar com o R(t) para lá do valor definido pelo Governo, Henrique Oliveira não tem dúvidas: "Sim". "Uma pandemia não é um jogo político, obedece a factos. O vírus não tem uma lógica".

Então, sublinha, "não devemos desconfinar tudo em bloco". "Se vamos desconfinar tudo em bloco, significa que os concelhos de alta incidência, onde há surtos, vão desconfinar também"

De lembrar que, este sábado, Portugal somou mais sete mortes relacionadas com a Covid-19 e mais 280 infetados com o novo coronavírus. O país passou a contabilizar 16.875 mortos e 823.142 infeções, desde o início da pandemia.

Leia Também: Segunda fase. Jovens em aulas presenciais; esplanadas abrem com regras

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório