Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2021
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

AO MINUTO: Ministro da Economia tem Covid; Alemanha prolonga confinamento

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Ministro da Economia tem Covid; Alemanha prolonga confinamento

A Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgou o boletim epidemiológico desta terça-feira, que deu conta de um novo máximo de vítimas mortais. Nas últimas 24 horas, morreram 218 pessoas devido à Covid-19. Foram ainda diagnosticados 10.455 novos casos no país. Em termos acumulados, Portugal contabiliza 566.958 casos de infeção e 9.246 mortes.

Os dados mostram também que no último dia mais de 10 mil pessoas recuperaram da doença, o que aumentou o total de recuperados 421 mil. O número de internamentos continua a subir e fixa-se agora em 5.291.

António Costa está esta terça-feira no Parlamento a responder a perguntas dos deputados, tendo já garantido que "se a estirpe inglesa se tornar dominante", vai fechar as escolas.

Entretanto, o Ministério da Educação e o da Saúde anunciaram que amanhã vão começar a ser efetuados testes rápidos nas escolas dos concelhos de risco extremamente elevado.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

00h09 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de quarta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h59 - Um dia antes de tomar posse como presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, na companhia da futura vice-presidente, Kamala Harris, inaugurou um memorial de homenagem às vítimas da Covid-19 no país, que ultrapassaram as 400 mil esta terça-feira.

O memorial foi inaugurado em Washington DC, mais precisamente junto ao Lincoln Memorial.

Um dos momentos mais impressionantes da homenagem da futura administração norte-americana foi a interpretação do hino frequentemente cantado nos Estados Unidos, 'Amazing Grace'.

Biden e Harris convidaram a enfermeira Lori Marie Key para esse efeito. Pode ver esse momento aqui.

23h25 - Se estiver com dúvidas sobre o agravamento das medidas do confinamento, pode verificar o que vai estar em vigor a partir das 00h00 desta quarta-feira.

23h04 - Sete pessoas da mesma família, com sintomas de Covid-19, morreram por falta de oxigénio num hospital do Pará, no Brasil. As vítimas não resistiram às complicações respiratórias.

22h51 - O ministro de Estado da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, testou positivo ao coronavírus, informou num comunicado o Ministério da Economia.

Siza Vieira já se encontrava, como medida de precaução, em isolamento profilático desde sábado.

22h49 - A chanceler Angela Merkel e os governadores dos 16 estados da Alemanha decidiram hoje prolongar o confinamento em vigor até meados de fevereiro e receiam que as recentes mutações da Covid-19 aumentem o número de casos.

22h47 - A Madeira regista hoje mais 138 casos novos casos de Covid-19, passando a contabilizar 3.777 infeções, refere o boletim da Direção Regional da Saúde (DRS).

22h44 - Duas instituições de Beja concentram quase 40 casos ativos do total de infetados com Covid-19 no concelho, disse hoje à Lusa o presidente da Câmara, preocupado "sobretudo" com a disseminação do vírus "na comunidade".

22h03 - Brasil reporta de novo mais de 62 mil casos e mais de mil óbitos em 24h. O Ministério da Saúde brasileiro notificou, esta terça-feira, mais 62.094 casos de infeção por novo coronavírus, uma subida considerável em relação aos dois últimos dias. A tutela reporta ainda mais 1.192 mortos nas últimas 24 horas, depois de dois dias com menos de 600 mortes diárias. O total de vítimas mortais acumuladas, por motivo do vírus SARS-CoV-2, é de 211.491.

21h29 - A Assembleia Municipal de Lisboa aprovou hoje, por unanimidade, a manutenção da gratuitidade de estacionamento para as equipas de saúde do Serviço Nacional de Saúde (SNS) diretamente envolvidas no combate à pandemia de Covid-19 até 30 de junho.

21h12 - O Instituto Butantan, fabricante da vacina chinesa contra a Covid-19 no Brasil, alertou hoje para a escassez de matéria-prima para produção de mais doses do imunizante e instou o presidente, Jair Bolsonaro, a negociar com Pequim.

21h03 - As limitações dos horários dos estabelecimentos que podem funcionar no âmbito do Estado de Emergência e das medidas contra a Covid-19 não se aplicam a farmácias, clínicas com urgências e funerárias, de acordo com o diploma hoje publicado em Diário da República.

20h59 - Mais de 4.400 pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19 na Madeira, 100 das quais profissionais da área da proteção civil, revelou hoje o Governo Regional.

20h57 - O liceu francês Charles Lepierre, em Lisboa, determinou a passagem a ensino à distância para os alunos do ensino secundário a partir da próxima quinta-feira devido a um surto de Covid-19.

De acordo com um email hoje enviado a alunos e encarregados de educação pela escola francesa, a que a Lusa teve acesso, há centenas de alunos em isolamento profilático.

20h55 - O secretário de Estado adjunto e da Educação, João Costa, justificou hoje a "cautela" do Governo em manter as escolas abertas recordando que quando a escola fecha "há crianças que não comem" e situações de abuso que não são identificadas.

20h37 - Os Estados Unidos ultrapassaram esta terça-feira mais uma marca trágica relacionada com a pandemia de coronavírus. De acordo com os dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, os Estados Unidos superaram as 400 mil mortes causadas pela Covid-19.

A marca dos 400 mil óbitos acontece menos de um ano após a primeira vítima mortal conhecida no país.

20h13 - Jair Bolsonaro voltou a recomendar o "tratamento precoce" contra o coronavírus, defendendo o uso da cloroquina. O presidente brasileiro lançou dúvidas sobre a eficácia da vacina Coronavac, aprovada pelas autoridades de saúde do país.

"Não desistam do tratamento precoce. Não desistam, tá? A vacina é para quem não pegou ainda. E essa vacina que aí está é 50% de eficácia. Ou seja, se jogar uma moedinha para cima, é 50% de eficácia. Então está liberada a aplicação no Brasil", disse Bolsonaro.

20h07 - A França registou esta terça-feira mais 23.608 novas infeções por novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo as autoridades sanitárias. No total, já foram identificados 2.938.333 casos positivos, de acordo com dados da Instituição de Saúde Pública de França.

O número total de mortes aumentou esta terça-feira para 71.342, com mais 373 óbitos registados no último dia.

20h05 - Pelo menos seis pessoas morreram asfixiadas, nas últimas 24 horas, por falta de oxigénio nos hospitais do município brasileiro de Faro, no estado do Pará, informou a autarquia à imprensa local.

20h03 - Análises a águas residuais podem detetar novas variantes do SARS-CoV-2 numa determinada área ainda antes da sequenciação clínica do vírus que provoca a Covid-19, indica um estudo da Sociedade Americana de Microbiologia (SAM) hoje divulgado.

20h00 - Em quatro meses de funcionamento da aplicação StayAway Covid foram gerados mais de 14 mil códigos de casos positivos ao SARS-CoV-2, num universo de mais 500 mil novas infeções registadas no país.

19h57 - Os diretores escolares esclareceram hoje que não têm qualquer autonomia para encerrar escolas, dependendo essa decisão de um parecer da entidade de saúde pública local e da confirmação por parte dos serviços do Ministério da Educação.

19h54 - Um surto de Covid-19 nos Bombeiros Voluntários de Beja já infetou 15 operacionais daquele quartel, mas as operações de socorro "estão garantidas", disse hoje à agência Lusa o comandante da corporação.

19h52 - Um surto de Covid-19 em dois lares geridos por uma fundação de Castelo de Vide, no distrito de Portalegre, já infetou 64 pessoas, entre utentes e funcionários, disse hoje à agência Lusa fonte da instituição.

19h49 - A câmara de Gondomar encerrou os passadiços de Gramido e de Rio Tinto para evitar concentração de pessoas numa altura em que Portugal regista máximos de casos de infeção de mortes associadas à Covid-19, informou fonte da autarquia.

18h55 - No debate que ainda está a decorrer no Parlamento, Marta Temido fez um apelo à união face aos "dias duríssimos" no combate à pandemia que estão para vir.

Questionada por João Cotrim Figueiredo, deputado da Iniciativa Liberal, sobre o Hospital Compaixão, em Miranda do Corvo, que está equipado mas ainda não abriu, a ministra da Saúde respondeu que "o tempo é demasiado grave para nos perdermos em questões que não têm correspondência na realidade".

"Várias vezes me perguntaram pelo hospital de Miranda do Corvo. Volto a dizer, onde está o hospital? O que temos são camas, o que temos é espaço, o que temos é um contrato que o SNS já tem com esse hospital (...) Não há um hospital onde há camas e onde há espaço, isso não é um hospital. Paremos de enganar os portugueses. Há enfermeiros para mandar para lá? Há médicos para mandar para lá? Não há. Houvesse e seria isso que faríamos agora", atirou Marta Temido.

"Não é por falta de meios, não é por falta de esforços, não é por falta de nos termos capacitado que não estamos a melhorar. É porque estamos a enfrentar uma doença que tem a capacidade de se transformar todos os dias", acrescentou a governante.

"Este é um momento de união. Os portugueses lá fora estão à nossa espera. Os próximos dias são duríssimos. Por favor, ajudem-nos todos", pediu a ministra para concluir a sua resposta a Cotrim Figueiredo.

18h16 - Já foi publicado em Diário da República o decreto que agrava as medidas atualmente em vigor a partir das 00h00 desta quarta-feira.

17h57 -O Ministério da Saúde espanhol reporta, esta terça-feira, um acréscimo de 34.291 casos de contágio ao balanço total, que é agora de 2.370.742 desde o início da pandemia em Espanha.

As autoridades sanitárias registaram, ainda, a morte de 404 pessoas nas últimas 24 horas. Em termos globais, Espanha já contabiliza 54.173 mortes.

17h28 - Jerónimo de Sousa pediu hoje contas ao primeiro-ministro sobre as medidas do Orçamento do Estado de 2021 para responder à pandemia e admitiu que "as explicações não são totalmente convincentes".

17h16 - O primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje que foi recomendada uma aceleração da vacinação contra a Covid-19 nos lares, e indicou não existe "risco de adiamento" da segunda toma, justificando que pode ocorrer até 42 dias depois da primeira.

17h06 - O secretário de Estado Adjunto e da Saúde afastou hoje a hipótese de contratar profissionais de saúde ao estrangeiro ou transferir doentes Covid-19 para outros países, afirmando que o sistema de saúde vai ser expandido até ao limite.

"Garantidamente que não há no mundo sistemas (de saúde) ilimitados, mas o compromisso que temos com os portugueses é que vamos usá-lo (o sistema de saúde nacional) até ao limite", afirmou António Lacerda Sales, após uma visita à unidade de Torres Vedras do Centro Hospitalar do Oeste (CHO).

Para o secretário de Estado, "existe capacidade para expandir ao nível da enfermaria e ao nível dos cuidados intensivos" nos hospitais do país.

16h59 -O Reino Unido registou esta terça-feira um recorde de óbitos diários. Segundo os dados divulgados pelo Departamento de Saúde e de Assistência Social, foram notificadas 1.610 mortes provocadas pela Covid-19 no espaço de 24 horas.No último dia foram identificados 33.355 novos casos de Covid-19.

No total, o Reino Unido soma nesta altura 3.466.849 contágios e 91.470 óbitos.

16h57 -A Proteção Civil italiana notificou esta terça-feira o registo de mais 10.497 novos casos de infeção por novo coronavírus. Itália contabiliza agora um total de 2.400.598 casos positivos confirmados desde o início da pandemia no país, a 21 de fevereiro.

As autoridades de Saúde italianas notificam ainda mais 603 óbitos referentes às últimas 24 horas. O número total de mortes associadas à doença causada pelo vírus SARS-CoV-2 é agora de 83.157.

16h28 - Em 2020, o consumo de eletricidade em Portugal Continental diminuiu 3,1% face a 2019, "fruto da quebra generalizada da atividade económica resultante das medidas de confinamento", de acordo com a Agência para a Energia.

"O impacto foi particularmente visível no 2º trimestre, registando-se uma quebra de 11% face ao período homólogo. A partir de junho e até ao final do ano, observou-se uma normalização do consumo de eletricidade", acrescenta a ADENE.

16h24 - A coordenadora do Bloco de Esquerda voltou hoje a apelar diretamente ao primeiro-ministro para que use a requisição civil para ajudar o SNS, criticando ainda a "hipocrisia" de quem tenta "atirar culpas" no momento mais grave da pandemia no país.

"Quando os privados depois de meses de negociação não são capazes de por a disponibilidade do estado sequer 10% da sua capacidade, se não é agora que os requisitamos, quando? Quando temos hospitais de campanha do SNS que não podem abrir porque não têm profissionais suficientes, mas há profissionais e instalações no privado e não os requisitamos agora, senão agora, quando? Quando?", questionou Catarina Martins.

16h21 - O comissário europeu do Mercado Interno defende que eventuais certificados de vacinação contra a Covid-19 "são importantes, mas não suficientes" para garantir a retoma da livre circulação na União Europeia durante a pandemia, propondo a aposta nos testes rápidos.

16h19 - Equipas que começaram hoje a recolher votos de pessoas em confinamento obrigatório para as presidenciais identificaram situações de violação de isolamento, afirmou hoje o presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP).

"Há coisas incompreensíveis. Quem tem a determinação das autoridades de saúde para ficar no domicílio, tem de ficar no domicílio. Foram extraídas certidões de moradores que se inscreveram [para votar] e que estão confinados obrigatoriamente, mas não estão em casa", disse Manuel Machado.

15h50 - O primeiro-ministro sublinhou ainda que as medidas mais rígidas anunciadas esta segunda-feira vão entrar em vigor a partir das 00h00 desta quarta-feira. Nesta altura só falta serem publicadas em Diário da República, o que vai acontecer ainda hoje.

15h44 - No debate que está a ter lugar no Parlamento, António Costa afirmou que "vivemos seguramente dos momentos mais tristes, de maior dor e de maior sofrimento".

O primeiro-ministro elogiou o esforço dos portugueses em março - "foram extraordinários" - e mostrou-se confiante que vão voltar a dar uma boa resposta. "Tenho a certeza que de novo se vão mobilizar para travar esta terceira vaga", frisou.

Pode acompanhar aqui o debate na Assembleia da República.

15h42 - A Comissão Europeia apelou hoje a que os Estados-membros vacinem 80% da população com mais de 80 anos até março e 70% da população adulta da União Europeia (UE) até ao verão.

"Seria um ponto de viragem na nossa luta contra este vírus", referiu a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, em comunicado.

Leia Também: AO MINUTO: Recorde de óbitos em Portugal mas também de recuperados

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório