Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Mulher detida em Vila Nova de Cerveira por violação do confinamento

A violação do confinamento obrigatório constitui um crime de desobediência.

Mulher detida em Vila Nova de Cerveira por violação do confinamento

O Posto Territorial da GNR de Vila Nova de Cerveira, deteve, na quinta-feira, uma mulher de 43 anos por violar o confinamento obrigatório a que estava sujeita, no âmbito da pandemia de Covid-19. 

A detenção foi levada a cabo após uma denúncia e a mulher foi abordada pelas autoridades na via pública "violando assim o dever de confinamento obrigatório decretado pela Autoridade de Saúde Pública", pode ler-se num comunicado enviado pelos militares às redações.

Foi detida e acompanhada ao domicílio, tendo sido depois "constituída arguida e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Cerveira".

A GNR termina a nota recordando que "que ficam em confinamento obrigatório no respetivo domicílio ou noutro local definido pelas autoridades de saúde todos os doentes com COVID-19, os infetados com SARS-CoV-2, e os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado vigilância ativa" e que "a violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório