Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2022
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 23º

Ana Gomes: "PJ e Rui Pinto já estão a trabalhar juntos". Hacker retweetou

Ex-eurodeputada partilhou um artigo da Forbes onde se revela uma lista de parceiros de negócio de Trump alegadamente envolvidos em negócios obscuros. O número dois da lista é Tevfik Arif, "é um dos patrões da Doyen".

Ana Gomes: "PJ e Rui Pinto já estão a trabalhar juntos". Hacker retweetou
Notícias ao Minuto

08:24 - 21/08/20 por Notícias Ao Minuto

País Rui Pinto

Ana Gomes publicou uma mensagem na rede social Twitter onde é partilhada uma notícia da Forbes que mostra parceiros de negócios do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que, alegadamente, estarão envolvidos em negócios obscuros como tráfico humano, lavagem de dinheiro ou ligações à máfia.

A ex-eurodeputada chama a atenção que no número dois da lista está Tevfik Arif, "é um dos patrões da Doyen". O hacker Rui Pinto, agora em liberdade, retwittou a mensagem.

"Ó, que lindo! O 2º. desta lista da Forbes, Tevfik Arif, é um dos patrões da Doyen. Agora, o Senado dos USA conclui que "estava envolvido no crime organizado russo, branqueamento de capitais e tráfico de seres humanos" já desde 2000... Bem que PJ e Rui Pinto já estão a trabalhar juntos...", escreveu Ana Gomes na rede social. 

O pirata informático apenas partilhou as palavras da embaixadora na sua conta pessoal, sem acrescentar qualquer comentário.

Recorde-se que este fim de semana, Isabel dos Santos recorreu também ao Twitter para responder ao hacker após uma mensagem deste na mesma rede social. 

Depois de o pirata ter questionado se a família dos Santos seria a "real proprietária de uma das maiores propriedades muradas da Europa", referindo-se à Torre Bela, Isabel dos Santos respondeu ao hacker português durante a tarde deste domingo. 

"Engraçado Rui Pinto estar a fazer estas perguntas sobre 'Torre Bela'. Pensei que fosse um hacker com 715 mil documentos e provas. Pelos vistos é um mero curioso que vive de fofocas. E é verdade que lhe vão pagar salário como funcionário público e dar casa?", escreveu.

Rui Pinto começa a ser julgado em 4 de setembro no Tribunal Central Criminal de Lisboa por 90 crimes: 68 de acesso indevido, 14 de violação de correspondência, seis de acesso ilegítimo e ainda por sabotagem informática à SAD do Sporting e por tentativa de extorsão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório