Meteorologia

  • 23 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 13º MÁX 24º

Suspeito de mutilar homem em Ponte de Lima atirou-se de ponte em Espanha

O corpo foi encontrado esta quarta-feira pela Guardia Civil.

Suspeito de mutilar homem em Ponte de Lima atirou-se de ponte em Espanha
Notícias ao Minuto

14:25 - 19/08/20 por Notícias ao Minuto com Lusa

País Vila Verde

O suspeito de ter mutilado um homem e de ter ferido uma mulher, ambos de nacionalidade espanhola, em Ponte de Lima, ter-se-á atirado, na manhã desta quarta-feira, da ponte de Rande sobre a ria de Vigo, em Pontevedra, Espanha. 

De acordo com o jornal Voz de Galícia, o corpo foi encontrado pela Guardia Civil espanhola. Um helicóptero sobrevoou a região e a Guarda Costeira acabou por localizar o cadáver do homem de 50 anos, que tinha estacionado o carro junto à ponte às primeiras horas da manhã. 

Depois de resgatado pelas autoridades, o corpo foi transportado para o cais de Domaio, em Pontevedra, onde viria a ser identificado. 

O Voz de Galícia adianta que o homem era procurado pela Polícia Judiciária portuguesa por ser suspeito da autoria do crime do homicídio que "chocou a vila portuguesa de Ponte de Lima". 

Recorde-se que o homem cujo corpo foi encontrado mutilado em Portugal, estava numa casa arrendada, com a companheira de 40 anos, na freguesia de Gondufe. Ambos, refere o jornal espanhol, viviam em Vigo e estavam de férias na região. 

Entretanto, fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo esclareceu à agência Lusa que "entre as 7:00 e as 8:00", os militares do posto local foram acionados para um despiste de uma viatura na mesma rua onde, posteriormente, seria encontrado morto um homem de nacionalidade espanhola, com cerca de 50 anos, vítima de mutilação dos órgãos genitais e uma mulher, também espanhola, com cerca de 40 anos, amarrada com cabos elétricos.

"Quando chegaram ao local, os militares depararam-se com uma viatura de matrícula espanhola, caída numa ribanceira. Os testemunhos que os militares recolheram junto de moradores naquela rua indicavam a possibilidade de a viatura pertencer a um casal de espanhóis que passava férias numa casa alugada nas imediações", especificou.

A mesma fonte adiantou que os militares se dirigiram à habitação em causa, "tendo detetado vidros partidos". "Os militares pediram reforços para fazer a abordagem à casa por desconhecer o que poderiam encontrar no seu interior. A abordagem foi feita cerca das 8:00, tendo sido acionados os meios do INEM para socorrer a mulher encontrada amarrada", acrescentou.

Segundo a mesma fonte, a mulher forneceu a identificação do alegado autor do crime, o ex-marido, também de nacionalidade espanhola, residente em Vigo, na Galiza, bem como informação sobre a viatura em que terá abandonado o local, dados fornecidos pelas forças policiais portuguesas às autoridades espanholas para a localização do suspeito.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, o alerta foi dado cerca das 8:42, tendo o caso ocorrido na rua das Aluzelas, na freguesia de Gondufe. O caso foi entregue à Polícia Judiciária.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório