Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Paredes ouve população para preparar combate à violência doméstica

A Câmara de Paredes começa hoje a ouvir a população para preparar, ao longo de 12 meses, um plano de combate à violência doméstica, disse hoje à Lusa a vereadora Beatriz Meireles.

Paredes ouve população para preparar combate à violência doméstica

"A violência doméstica é um atentado aos direitos humanos e constitui um dos mais graves problemas da sociedade", comentou, justificando a necessidade do plano que não existe naquele concelho do distrito do Porto.

A autarca com o pelouro da ação social referiu que a primeira ação vai decorrer hoje, às 21h00, no Centro Escolar de Rebordosa, para a qual está convidada toda a população.

Na sessão serão apresentados números sobre a questão da violência doméstica, a nível nacional e local, que "preocupam muito" o município, referiu.

A ideia, acrescentou, passa também por ouvir as pessoas para recolher elementos que ajudarão a elaborar o plano ajustado às especificidades do município.

Beatriz Meireles anotou, ainda, que serão deixadas sensibilizações e recomendações sobre a matéria, numa perspetiva preventiva.

No dia 17 de outubro, na Sobreira, e no dia 15 de novembro, em Sobrosa, haverá outras atividades abertas à população de Paredes.

O trabalho em curso está a ser coordenado por Madalena Oliveira, psicóloga com experiência e percurso profissional na área.

Neste projeto, promovido no âmbito do Contrato Local de Desenvolvimento Social, está também prevista a capacitação de técnicos de apoio às entidades.

No final do plano, concluiu, prevê-se a criação no concelho de um serviço de atendimento a encaminhamento das vítimas de violência doméstica.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório