Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 13º

Edição

Pedrógão: MP arquiva inquérito aos alegados desvios de donativos

O Ministério Público (MP) arquivou o inquérito sobre os alegados desvios de donativos às vítimas dos incêndios em Pedrógão Grande.

Pedrógão: MP arquiva inquérito aos alegados desvios de donativos

A Câmara Municipal de Pedrógão Grande anunciou que o Ministério Público (MP) arquivou o inquérito a uma alegada fraude na distribuição de donativos aos lesados do incêndio de 2017 em Pedrógão Grande, frisando a autarquia que já esperava este desfecho.

O arquivamento do processo foi, entretanto, confirmado ao Notícias ao Minuto pela Procuradoria-Geral da República (PGR). 

O processo foi arquivado "por inexistência de indícios de crime", afirma em comunicado o município de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, presidido por Valdemar Alves, reeleito pelo PS em outubro de 2017, após ter cumprido um primeiro mandato pelo PSD.

"A autarquia e o seu presidente não esperavam outro resultado, face à transparência e lisura que sempre foram a marca dos seus procedimentos", refere a nota.

Valdemar Alves e a Câmara Municipal "nunca deixaram de confiar na atuação do MP, que se deteve no rigor dos factos e se manteve imune às campanhas persecutórias que lhes estão a ser movidas, com puras motivações políticas e cegamente indiferentes às consequências para o bom nome dos pedroguenses e para a generosidade dos cidadãos", acrescenta.

O processo foi arquivado "por inexistência de indícios de crime", afirma em comunicado o município de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, presidido por Valdemar Alves, reeleito pelo PS em outubro de 2017, após ter cumprido um primeiro mandato pelo PSD.

"A autarquia e o seu presidente não esperavam outro resultado, face à transparência e lisura que sempre foram a marca dos seus procedimentos", refere a nota.

Valdemar Alves e a Câmara Municipal "nunca deixaram de confiar na atuação do MP, que se deteve no rigor dos factos e se manteve imune às campanhas persecutórias que lhes estão a ser movidas, com puras motivações políticas e cegamente indiferentes às consequências para o bom nome dos pedroguenses e para a generosidade dos cidadãos", acrescenta.

Recentemente, uma reportagem da TVI afirmava terem existido desvios de bens doados às vítimas dos incêndios. Em reação, o autarca recusou tais acusações que afirmou serem "calúnias" e "mentiras"

[Notícia atualizada às 16h00]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório