Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2020
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Empresários detidos por suspeitas de associação criminosa e fraude fiscal

Elementos recolhidos pela PJ indicam que os suspeitos agora detidos são os líderes de uma associação criminosa que tinha começado a ser desmontada em junho de 2018.

Empresários detidos por suspeitas de associação criminosa e fraude fiscal

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, esta quinta-feira, dois empresários nos concelhos de Valongo e Santo Tirso, pela presumível prática de crimes de associação criminosa, fraude fiscal qualificada, fraude na obtenção de subsídio e desvio de subsídio. Estas duas detenções ocorrem na sequência de outras três efetuadas em junho de 2018.

Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, a PJ explica que os inspetores procederam à realização de buscas domiciliárias e não domiciliárias antes de deter os suspeitos, um homem e uma mulher de 47 e 45 anos, e que os elementos recolhidos indicam que os empresários agora detidos são os líderes da associação criminosa.

A investigação, desenvolvida pela Polícia Judiciária (PJ) em articulação com a Direção de Finanças do Porto, apurou que os suspeitos “estão ligados ao setor da indústria do mobiliário e apresentaram, no âmbito do Programa Compete 2020, projetos de incentivos relacionados com o apoio à internacionalização e à inovação produtiva, com investimentos elegíveis superiores a 27 milhões de euros”.

Os detidos vão agora ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório