Meteorologia

  • 18 FEVEREIRO 2019
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 12º

Edição

Sindicato pede esclarecimentos a Cabrita sobre apedrejamento de polícias

A Federação Nacional dos Sindicatos da Polícia "repudia veementemente os acontecimentos" que tiveram lugar em Lisboa, esta segunda-feira, entre manifestantes e elementos da PSP.

Sindicato pede esclarecimentos a Cabrita sobre apedrejamento de polícias

Os distúrbios que ocorreram esta segunda-feira na Avenida da Liberdade, em Lisboa, entre elementos do grupo de manifestantes do Bairro da Jamaica, no Seixal, e agentes da Polícia de Segurança Pública, motivaram uma reação por parte da  Federação Nacional dos Sindicatos da Polícia (FENPOL). Recorde-se que agentes da PSP foram alvo de apedrejamentos, tendo respondido com tiros de balas de borracha para o ar. 

Em comunicado enviado à redação do Notícias ao Minuto, a FENPOL defende que "repudia veementemente os acontecimentos ocorridos em Lisboa", que "colocaram em causa a segurança de pessoas e bens, para além de abalar em muito a imagem de Portugal".

A Federação condena ainda "o facto de até ao momento não ter vindo a público, como seria expectável, o Sr. Ministro da Administração Interna para prestar esclarecimentos públicos sobre o sucedido e inclusivamente dirigir umas palavras à PSP". Conforme afiança a FENPOL, foi graças à força de segurança que se "conseguiu conter, de forma célere, o que podia ter sido uma sucessão de acontecimentos e condutas criminais sem precedentes na capital e no país".

No entendimento da associação sindical, "os suspeitos envolvidos decidiram por iniciativa própria atentar contra as regras do Estado de Direito Democrático, contra as instituições, forças de segurança, cidadãos e património do Estado e de terceiros".

Perante as circunstâncias, a FENPOL já acionou o gabinete jurídico, "que está a avaliar a instigação aos acontecimentos ocorridos por parte de uma deputada da Assembleia da República e de um assessor partidário, através das redes sociais, que se crê, em muito, ter contribuído de forma decisiva, através da facilidade de divulgação com o recurso às redes sociais, para o sucedido". 

A Federação Nacional dos Sindicatos da Polícia irá igualmente solicitar ao Presidente da Assembleia da República a abertura de inquérito disciplinar aos visados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório