Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Início das obras do parque verde da Feira Popular aguarda saída de clube

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina (PS), disse na terça-feira à noite que o início das obras do parque verde da Feira Popular aguarda pela saída de uma coletividade, o que deverá ocorrer nos próximos dias.

Início das obras do parque verde da Feira Popular aguarda saída de clube
Notícias ao Minuto

06:29 - 21/11/18 por Lusa

País Câmara

Falando na sessão plenária da Assembleia Municipal de Lisboa, Fernando Medina admitiu o atraso na empreitada, explicando que "a conclusão da obra da modulação de terrenos e de espaços verdes está dependente da disponibilização do espaço ocupado pelo CAC [Cube Atlético e Cultural]".

O autarca acrescentou que já foram aprovadas "instalações provisórias" para o clube, esperando que "nos próximos dias haja a deslocação definitiva" do mesmo.

"A partir desse momento, nós podemos prosseguir a empreitada de modulação de terrenos e depois iniciar a empreitada dos espaços verdes", garantiu.

Fernando Medina não precisou, contudo, quando é que estas obras deverão começar, nem quando estima estarem concluídas.

Na sessão da Assembleia Municipal, o autarca anunciou ainda que, no primeiro trimestre do próximo ano, a câmara vai "avançar com os procedimentos da construção dos dois parques [de estacionamento], um deles de grande dimensão, que é um parque dissuasor, com capacidade para quase duas mil viaturas, colado à estação de metro da Pontinha".

O município aprovou em maio a adjudicação da construção dos espaços verdes da nova Feira Popular, em Carnide, no valor de 4,4 milhões de euros.

Em janeiro, o município estimava que o parque verde abrisse no final deste ano.

Nesse mês, numa resposta a questões colocadas pela agência Lusa, a Câmara Municipal de Lisboa apontou que, "dadas as condicionantes inerentes ao curso normal de grandes obras que envolvem vários concursos públicos e empreitadas, como é este caso, não é possível ainda estimar a data de inauguração da Feira Popular, nem de abertura do parque, sendo que a meta para a abertura do parque verde é o final de 2018".

O município explicou na altura que a "abertura da Feira Popular enquanto parque de diversões depende de uma série de outros concursos e empreitadas, com a respetiva elaboração de projetos e aprovação em Câmara e Assembleia Municipal".

A proposta para a construção do parque verde no qual vai nascer a nova Feira Popular foi aprovada em julho de 2017, sendo que a empreitada está orçada em 5,159 milhões de euros, e tem um prazo de execução de cerca de oito meses, aos quais acrescem 365 dias para manutenção dos espaços verdes.

Criada em 1943, a Feira Popular de Lisboa fechou em 2003, depois de ter funcionado em locais como Palhavã e Entrecampos.

No final de 2015, a autarquia anunciou que a Feira Popular iria voltar, inserida num parque urbano de 20 hectares em Carnide.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório