Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2018
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Escola de São Miguel implementa projeto pedagógico holístico

A Escola Básica Integrada das Capelas, em São Miguel, Açores, vai implementar, pela primeira vez, o Projeto Novas Rotas, um projeto pedagógico "holístico" que vai abranger 45 crianças entre os três e os 12 anos.

Escola de São Miguel implementa projeto pedagógico holístico
Notícias ao Minuto

11:12 - 17/09/18 por Lusa

País Ano letivo

A escola arranca o novo ano letivo com a implementação do projeto pedagógico Novas Rotas, uma iniciativa inspirada na Escola da Ponte, em Santo Tirso, que traz uma nova metodologia de ensino, mais prática e mais flexível, a 45 alunos da escola, com idades compreendidas entre os três e os 12 anos, cujos pais se identificaram com o projeto.

A coordenadora do Novas Rotas, Conceição Medeiros, explicou à Lusa que a iniciativa pretende ensinar o currículo de uma forma diferente: "Não há aulas, não há turmas definidas, não há professores fixos por disciplina -- tudo é mais flexível, as crianças vão aprendendo o currículo através do desenvolvimento de projetos, projetos de vida, projetos de intervenção comunitária, de consciência planetária e também projetos académicos".

Esta abordagem divide os alunos em dois núcleos: o de iniciação, para crianças em fase de alfabetização, e o da autonomia, para os restantes alunos.

As crianças que se enquadrem na fase de autonomia trabalham "conjuntamente com os colegas, com os pares mais velhos, para poderem desenvolver os seus projetos". Os grupos são "heterogéneos, com critérios de paridade de género, de capacidades, portanto, o potencial de cada um é rentabilizado em cada grupo e trabalhando, fundamentalmente, em cooperação, no desenvolvimento dos seus projetos", explica a coordenadora.

Sobre a motivação que levou a escola a arrancar com esta nova abordagem pedagógica, Conceição Medeiros explica que "é a de pais e professores que sentem que a educação tem de ser desenvolvida, ou que as nossas crianças têm que ter uma educação diferente, mais de acordo com os seus ritmos, os seus interesses, para que a aprendizagem seja prazerosa, para que haja bem-estar, alegria, para que se estimule a curiosidade pelo saber, para que as crianças gostem de aprender."

A educadora defende que este tipo de projetos "que partem dos interesses, dos sonhos, dos desejos das crianças", consegue motivá-las muito mais "e fazer com que elas aprendam de uma forma mais natural e de acordo com aquilo que é a vida, de uma forma muito mais significativa."

É com este intuito que pais e professores desenvolvem, desde há oito anos, o plano, que agora arranca: "Nós esperamos que as crianças aprendam com gosto, com prazer, e que desenvolvam, não só as competências cognitivas, porque muitas vezes estamos muito focados nas competências cognitivas, mas que se desenvolvam de uma forma holística, uma vez que é essa a filosofia do projeto: desenvolver a pessoa como um tudo, na sua multidimensionalidade."

A Secretaria Regional da Educação e Cultura viabilizou "o funcionamento do Novas Rotas, no âmbito da Escola das Capelas, porque o achou um projeto com viabilidade técnica e pedagógica", explica o secretário regional, Avelino Meneses.

O ex-reitor da Universidade dos Açores diz ter "muito respeito pela escola do passado", uma vez que "a escola do passado alfabetizou uma parte considerável da população com poucos meios, todavia, no presente, queremos uma escola em permanente adaptação à mudança. Em função disso, construímos há poucos anos o chamado ProSucesso - Açores pela Educação, que acarreta uma nova forma de ensinar e de aprender."

O governante encara "o Novas Rotas como mais um projeto inserido no âmbito do espírito do ProSucesso, que, oxalá, venha a ter como resultado o combate, e o combate certeiro, ao insucesso e ao abandono escolares, que são o nosso objetivo principal."

"É um projeto, efetivamente, novo, é um projeto ousado, é um projeto que tem referências -- uma das referências é a Escola da Ponte, que funciona no continente, outra referência creio que é o movimento da escola moderna - e a única coisa que posso dizer é que apesar da dissemelhança das estratégias, da dissemelhança dos métodos, espero que o projeto alcance os resultados que os promotores anunciam, e obviamente desejam, como nós, e esses resultados são (...) a redução do insucesso e do abandono".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório