Meteorologia

  • 29 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 29º

Hospital aplica tabela de preços antes do tempo para cobrar mais

A denúncia foi feita na plataforma da DECO, Reclamar, e diz respeito a uma situação ocorrida em fevereiro passado numa unidade hospitalar de Coimbra.

Hospital aplica tabela de preços antes do tempo para cobrar mais
Notícias ao Minuto

15:10 - 12/09/18 por Patrícia Martins Carvalho

País Denúncia

Um hospital privado localizado em Coimbra foi acusado de ter cobrado, a um paciente beneficiário da ADSE, um preço por um curativo que ainda não havia entrado em vigor.

Mais especificamente. Em fevereiro, um homem deslocou-se à unidade hospitalar em causa porque precisava de um curativo, ato médico que é feito em regime de ambulatório.

Após o atendimento, o paciente dirigiu-se à receção para pagar, tendo-lhe sido apresentadas duas faturas: uma de 55 cêntimos pelo penso e outra de 9,13 euros pelos consumíveis necessários à realização do ato médico.

Tal não seria notícia, não fosse o facto de estes valores pertencerem a uma tabela de preços que ainda não tinha entrado vigor. Conhecedor deste facto e de quais os valores da tabela que deviam ser aplicados, o paciente recusou pagar e denunciou o caso na plataforma Reclamar da DECO.

De referir que em vigor estava ainda a tabela de preços referente a 2017, que determinava que os consumíveis gastos em atos de enfermagem, realizados em ambulatório, estavam incluídos no preço do próprio ato, tal como explica a DECO.

Após a denúncia, a unidade hospitalar reconheceu o erro cometido e anulou a cobrança que havia sido feita ao paciente.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório