Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 13º

Edição

Ministério Público confirma 70 buscas. Partidos e autarquias na mira

A Procuradoria Geral Distrital de Lisboa confirma que decorrem buscas em instalações partidárias (do PS e do PSD), assim como em autarquias, escritórios de advogados, e não só, em várias zonas do país. Em causa estão suspeitas de corrupção passiva, tráfico de influências, participação económica e financiamento proibido. 

Ministério Público confirma 70 buscas. Partidos e autarquias na mira
Notícias ao Minuto

11:47 - 27/06/18 por Melissa Lopes 

País PGR

A PGDL confirma que “no âmbito de inquérito em que se investigam crimes de corrupção passiva, tráfico de influência, participação económica em negócio e financiamento proibido, foram realizadas cerca de 70 buscas domiciliárias e não domiciliárias, incluindo buscas a escritórios de advogados, autarquias, sociedades e instalações partidárias, em diversas zonas geográficas de Portugal Continental e Açores". 

As buscas, lê-se na nota publicada no site da PGDL, envolvem a presença de três juízes de instrução, 12 magistrados do Ministério Público, peritos informáticos e financeiros e inspectores da Polícia Judiciária em número que ascende a cerca de 200.

As operações de buscas foram efetuadas com a colaboração da UNCC [Unidade Nacional de Combate à Corrupção] da Polícia Judiciária.

Realça ainda a PGDL que, "segundo os fortes indícios recolhidos apurou-se, no essencial, que um grupo de indivíduos ligados às estruturas de partido político, desenvolveu entre si influências destinadas a alcançar a celebração de contratos públicos, incluindo avenças com pessoas singulares e outras posições estratégicas"

Apesar de a nota da PGDL não ter referido, em concreto, quais as estruturas partidárias envolvidas, conforme foi noticiado pela revista Sábado, os alvos são a Distrital de Lisboa do PSD e a Concelhia de Lisboa do PS

Tanto o PS como o PSD já confirmaram as buscas. "O PS colaborou em tudo o que lhe foi solicitado pelas autoridades", referiu à agência Lusa fonte oficial dos socialistas", disse fonte oficial do partido em declarações à Lusa.

Por seu turno, fonte do PSD disse, também à Lusa, que que estão a ser realizadas buscas na distrital de Lisboa e nas juntas de freguesia de Santo António, Estrela e Areeiro.

José Silvano, secretário-geral do PSD prestou, entretanto esclarecimentos sobre esta matéria, sublinhando que “a investigação que está em curso é sobre factos anteriores à eleição deste líder e desta direção".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório