Meteorologia

  • 18 JUNHO 2018
Tempo
22º
MIN 22º MÁX 23º

Edição

Praia das Rocas quer atingir 120 mil entradas este ano

A Praia das Rocas, em Castanheira de Pera, distrito de Leiria, quer alcançar este ano as 120 mil entradas, o mesmo número de 2016, considerado o melhor ano do complexo, anunciou hoje a administração.

Praia das Rocas quer atingir 120 mil entradas este ano
Notícias ao Minuto

11:09 - 24/05/18 por Lusa

País Castanheira de Pera

"Considerando que ainda possa ocorrer algum impacto decorrente dos incêndios, a minha expectativa é que consigamos alcançar em 2018 os mesmos números do melhor ano até hoje, que foi 2016, com 120 mil entradas", disse à agência Lusa Cláudia André, presidente da Prazilândia, empresa municipal que detém a gestão da Praia das Rocas.

Em junho de 2017, os incêndios que deflagraram na zona de Pedrógão Grande, norte do distrito de Leiria, e que atingiram os concelhos vizinhos, incluindo Castanheira de Pera, provocaram 66 mortos e mais de 250 feridos.

Cláudia André explicou que em 2017 a praia, conhecida pelas ondas artificiais, teve 100 mil entradas, justificando a descida relativamente a 2016 com os fogos.

"Tivemos cerca de 15 dias fechados na sequência dos incêndios, além de que a praia serviu de estrutura do apoio aos fogos, com cerca de uma centena de pessoas a pernoitarem nas suas instalações durante os primeiros dias", declarou.

A Praia das Rocas reabre a 01 de junho, adiantou a presidente do conselho de administração, referindo que uma das inovações este ano passa pela disponibilização da venda de bilhetes na Internet, noutros locais da vila de Castanheira de Pera e na região.

"A decisão deve-se ao facto de se terem verificado filas para a aquisição de bilhetes dada a grande afluência registada nalguns dias do ano passado", referiu Cláudia André, adiantando que a Praia das Rocas vai continuar a disponibilizar diversas atividades, onde se incluem escalada, rapel, assim como animação, além de outros serviços de apoio, como alojamento em 'bungalows', bar e restaurante.

A responsável adiantou que está assegurada a qualidade da água, explicando que "a entrada da água na piscina não se faz de forma natural, pelo que é controlada pela Prazilândia, e o caudal do leito da ribeira não está afetado devido à forte precipitação ocorrida este ano".

"O ano passado as pessoas não deixaram de vir à Praia das Rocas, até por solidariedade devido aos incêndios. O que queremos é que as pessoas continuem a vir, a gostar, que saibam que vir à praia é uma experiência extraordinária, única e segura, e que saiam com vontade de voltar", declarou Cláudia André.

A Praia das Rocas tem quase um quilómetro de extensão e situa-se no centro de Castanheira de Pera. Este verão está aberta até 09 de setembro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.