Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2018
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Recebeu transfusão de sangue com hepatite C. Foi avisada seis anos depois

A notícia é avançada, esta quarta-feira, pela TVI.

Recebeu transfusão de sangue com hepatite C. Foi avisada seis anos depois
Notícias ao Minuto

20:27 - 23/05/18 por Notícias Ao Minuto 

País Saúde

O ‘Jornal das 8’ da TVI arrancou, esta quarta-feira, com uma notícia exclusiva que coloca em causa a saúde dos portugueses. Em causa, o facto de uma mulher ter recebido, em 2012, uma transfusão de sangue no Hospital da Luz. Até aqui nada de especial.

O problema, refere a reportagem assinada pela jornalista Ana Leal, é que um ano após a transfusão, os serviços médicos descobriram que o sangue em causa estava contaminado com hepatite C.

No entanto, e ao contrário do que seria de esperar, a paciente só foi avisada deste facto este ano, isto é, seis anos após a transfusão.

De acordo com a TVI, a responsabilidade pertence ao Instituto Português do Sangue e Transplantação. Aliás, o ministro da Saúde, questionado sobre este caso, remeteu toda e qualquer explicação para aquela entidade.

A paciente questionou o médico do Hospital da Luz, que a contactou para dar a notícia, por que razão só volvidos seis anos é que a informaram do sucedido, mas o profissional disse não saber. Mais. O médico disse mesmo que também tinha feito essa mesma pergunta, mas que não tinha obtido qualquer resposta.

A diretora técnica do Centro de Sangue de Lisboa explicou à paciente que as "unidades de sangue são recolhidas a dadores que são avaliados, é realizada uma triagem clínica, é feita análise e só quando está tudo negativo é que as unidades são transfundidas".

E foi o que aconteceu com este dador, explicou. Porém, no ano seguinte, a mesma pessoa foi dar sangue e, dessa vez, as análises deram positivo a presença do vírus. "Tudo foi deitado fora, tudo foi eliminado, mas em termos de procedimento de segurança e como medida de precaução nós vamos sempre estudar outra vez a última dádiva e quem recebeu", acrescentou

As análises mais recentes da paciente deram negativo para o vírus.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.