Meteorologia

  • 18 JULHO 2018
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 19º

Edição

Dezoito arguidos acusados por negócio de metal furtado com sucata

O Ministério Público acusou 18 arguidos de crimes de associação criminosa, furto, burla e recetação, num processo relacionado com o "fornecimento" de resíduos metálicos de proveniência ilícita a uma sucata da Trofa, anunciou hoje a Procuradoria-Geral Distrital do Porto.

Dezoito arguidos acusados por negócio de metal furtado com sucata
Notícias ao Minuto

19:41 - 17/05/18 por Lusa

País Trofa

Em nota publicada no seu site, aquela Procuradoria refere que o Ministério Público considerou indiciado que, de 2006 a 2012, seis arguidos, no âmbito da exploração de uma sucata na Trofa, "implementaram um esquema de aquisição de resíduos metálicos de proveniência ilícita, nomeadamente cobre, ferro, aço, inox e alumínio".

"Este esquema era alimentado pelos mais diversos produtos, obtidos de modo ilícito, nomeadamente veículos automóveis que eram desmantelados, tampas de saneamento, cobre e material ferroso de caminhos-de-ferro", acrescenta.

O material era levado para a sucata usando os serviços de uma transportadora, sociedade comercial também explorada pelos arguidos e também acusada.

"A estes arguidos associaram-se sete outros, também ligados ao ramo das sucatas, que exploravam em Vila Nova de Famalicão", acrescenta.

Dos 18 arguidos, três são pessoas coletivas.

Dezasseis respondem por associação criminosa, sete por burla qualificada e 13 por recetação.

Há ainda dois acusados de furto qualificado e um de descaminho e de detenção ilegal de arma.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.