Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2020
Tempo
20º
MIN 11º MÁX 23º

Edição

Grupo Estado Islâmico reivindica ataque na Chechénia

A organização extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou um ataque realizado hoje contra uma base militar russa na Chechénia, que matou seis soldados russos, segundo o centro norte-americano de vigilância dos 'sites' 'jihadistas' SITE.

Grupo Estado Islâmico reivindica ataque na Chechénia
Notícias ao Minuto

16:02 - 24/03/17 por Lusa

Mundo Sites

Segundo um comunicado do grupo radical citado pelo SITE, seis atacantes "conseguiram invadir uma base militar da Guarda Nacional russa" no noroeste da instável república do Cáucaso e enfrentaram os militares russos "durante várias horas com armas ligeiras, matando pelo menos seis soldados" antes de serem mortos.

As autoridades russas divulgaram antes o mesmo balanço após o ataque ocorrido de madrugada na região de Naurskaya.

Segundo a Guarda Nacional, os assaltantes aproveitaram um forte nevoeiro para tentarem entrar na base, mas foram detetados pelos militares, que abriram fogo.

Os confrontos e os ataques visando as autoridades e as forças da ordem têm sido cada vez mais raros na Chechénia, embora continuem a ser frequentes no Daguestão, pequena república vizinha.

Depois da primeira guerra da Chechénia (1994-1996), a rebelião foi-se islamizando gradualmente e transpôs as fronteiras desta república, para se transformar em meados dos anos 2000 num movimento islamita armado ativo em todo o norte do Cáucaso.

No final de junho de 2015, a rebelião armada islamita no Cáucaso russo prometeu lealdade ao Estado Islâmico, para o qual funciona como uma fonte importante de combatentes para lutarem na Síria e no Iraque.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório