Meteorologia

  • 17 AGOSTO 2017
Tempo
20º
MIN 20º MÁX 20º

Edição

Juiz brasileiro acusado de vender sentenças através do Whatsapp

Magistrado vendia sentenças juntamente com o filho, através do Whatsapp.

Juiz brasileiro acusado de vender sentenças através do Whatsapp
Notícias ao Minuto

23:57 - 20/03/17 por Anabela de Sousa Dantas

Mundo Brasil

Foi aberta uma ação penal contra dez pessoas por envolvimento num suposto esquema de venda de sentenças no Tribunal de Justiça do Ceará, no Brasil. Entre os réus está um juiz desembargador e o filho.

O caso está entregue ao Supremo Tribunal de Justiça brasileiro, tendo as informações sobre o caso sido divulgadas pela Procuradoria-Geral da República, de acordo com a imprensa brasileira.

A acusação explica que Fernando Feitosa, filho do juiz Carlos Feitosa, “organizou e liderou o ajuste para receção de benefícios indevidos com a venda de pelo menos cinco sentenças, com o aval do seu pai”.

“A atividade era organizada através de um grupo de Whatsapp e as cobranças, segundo a investigação, variavam entre 70 mil reais (20 mil euros) e 500 mil reais (150 mil euros)”.

O magistrado foi entretanto afastado da sua atividade. Será julgado por corrupção passiva, assim como o filho, estando os outros oito réus acusados de corrupção ativa. Entre eles estão sete advogados e um empresário.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório