Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
36º
MIN 20º MÁX 37º

EUA. "Bebé milagre" encontrado em estrada (após irmão morrer e mãe fugir)

Um bebé estava a ser procurado depois de o seu irmão, de quatro anos, ter sido encontrado morto num lago no Louisiana. A mãe foi detida a quase 600 quilómetros de distância de onde o filho mais novo foi encontrado vivo.

EUA. "Bebé milagre" encontrado em estrada (após irmão morrer e mãe fugir)
Notícias ao Minuto

16:47 - 11/07/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Um bebé de um ano sobreviveu durante dois dias a condições meteorológicas que não foram as mais favoráveis, tendo sido encontrado à beira de uma estrada no estado norte-americano do Louisiana.

 

De acordo com a Associated Press (AP), o bebé tinha sido visto pela última vez no sábado com a sua mãe, de 25 anos, e o irmão, de quatro. O caso está a ser investigado pelas autoridades, depois de o cadáver do irmão mais velho ter sido encontrado na segunda-feira, num lago já perto do estado do Texas.

Temendo pela vida do bebé, as autoridades começaram buscas no lago, por forma a tentar perceber se também o irmão novo, de um ano, teria tido o mesmo destino. A polícia recebeu, no entanto, uma chamada, que dava conta de que uma criança tinha sido vista a gatinhar à beira de uma estrada.

"Olhamos para este bebé como o nosso bebé milagre porque ele ainda estava vivo", explicaram os responsáveis pela investigação.

A busca pela criança mais nova foi dificultada pelas condições causadas pelo Furacão Beryl, que tem deixado um rasto de destruição. "O bebé passou dois dias à beira da estrada", mas, "felizmente foi detetado pelo condutor".

A mãe, Aaliyah Jack, foi detida na terça-feira, quando ainda o seu filho mais novo não tinha sido encontrado. Não tendo dado conta de que o bebé estava desaparecido, a mulher foi encontrada no estado do Mississípi, a cerca de 560 quilómetros de onde o bebé foi descoberto. A mulher encontra-se agora detida e com uma fiança no valor de 300 mil dólares, 276 mil euros.

Segundo a AP, a mulher deverá ser extraditada para o Louisiana, e é desconhecido se já lhe foi atribuído um advogado ou não.

Leia Também: EUA. Pelo menos oitos mortos no Texas devido a furacão Beryl

Recomendados para si

;
Campo obrigatório