Meteorologia

  • 18 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 21º

Casa Branca "preocupada" com esfaqueamento de norte-americanos na China

A Presidência norte-americana (Casa Branca) admitiu hoje estar "profundamente preocupada" com o esfaqueamento de quatro norte-americanos em Jilin, na China, que Pequim reconheceu, mas classificou como "um ato isolado".

Casa Branca "preocupada" com esfaqueamento de norte-americanos na China
Notícias ao Minuto

18:06 - 11/06/24 por Lusa

Mundo EUA

"A nossa equipa está em contacto com estes cidadãos americanos e com os nossos parceiros chineses para garantir que as vítimas têm tudo o que precisam e que a polícia toma todas as medidas necessárias", indicou o conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, numa mensagem publicada na rede social X.

Um suspeito foi detido na China na segunda-feira após o esfaqueamento de quatro professores universitários norte-americanos, anunciou hoje a polícia chinesa, que considerou a situação "um caso isolado".

"O suspeito, de nome Cui, foi detido no próprio dia" do ataque ocorrido na segunda-feira num parque de Jilin, informou a polícia desta cidade chinesa, num comunicado, acrescentando que o homem em questão tem 55 anos.

Os ataques a cidadãos estrangeiros, especialmente ocidentais, são raros na China, onde as ruas são geralmente muito seguras a qualquer hora do dia.

A Cornell College University, no estado de Iowa (centro dos Estados Unidos), disse na segunda-feira que estes quatro norte-americanos trabalhavam como professores no estabelecimento de ensino superior e participavam num intercâmbio académico na China, tendo ficado feridos durante um "incidente grave".

Leia Também: Morreu polícia esfaqueado em ataque na sexta-feira na Alemanha

Recomendados para si

;
Campo obrigatório