Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
30º
MIN 17º MÁX 30º

Tribunal alemão condena ex-oficial do exército por espiar para a Rússia

Um tribunal alemão condenou hoje um antigo oficial do exército a três anos e meio de prisão por ter transmitido informações militares confidenciais à Rússia após a invasão da Ucrânia pelas tropas de Moscovo.

Tribunal alemão condena ex-oficial do exército por espiar para a Rússia
Notícias ao Minuto

11:23 - 27/05/24 por Lusa

Mundo Guerra na Ucrânia

Segundo a acusação, Thomas H. passou informações aos serviços secretos russos por iniciativa própria, que o arguido justificou no julgamento em Dusseldorf (oeste) com o desejo de evitar uma escalada nuclear na guerra na Ucrânia.

O veredicto corresponde à sentença solicitada pelo Ministério Público Federal, segundo a agência francesa AFP.

Em maio de 2023, o antigo oficial "dirigiu-se ao consulado geral da Rússia em Bona e à embaixada da Rússia em Berlim e ofereceu a sua colaboração", segundo a acusação.

Na altura, exercia funções no principal serviço informático e logístico responsável pela gestão do equipamento militar das forças armadas alemães.

Thomas H. foi acusado de ter fotografado e transmitido, além de vários ficheiros informáticos, documentos antigos sobre a utilização de munições e tecnologia aeronáutica.

No julgamento, admitiu ter oferecido os serviços de espião e explicou a ação pelo medo de uma escalada nuclear na guerra contra a Ucrânia, e pelo desejo de proteger a família.

Foi assim que teve a "ideia estúpida" de se dirigir ao consulado russo.

"Foi um erro, aceito-o", declarou ao tribunal em abril.

Desde o início do conflito na Ucrânia em fevereiro de 2022, têm surgido na Alemanha vários casos de espionagem envolvendo a Rússia.

Um antigo agente secreto alemão está atualmente a ser julgado em Berlim por ter transmitido informações confidenciais aos serviços de segurança russos (FSB) no outono de 2022, uma acusação que nega categoricamente.

Leia Também: Netanyahu recusa ceder às exigências do Hamas para fim da guerra em Gaza

Recomendados para si

;
Campo obrigatório